Q

Previsão do tempo

28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 21° C
28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 21° C
30° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 22° C

O tempo dirá…

António Freitas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O tempo, fiel e indissociável presença de cada fração cronológica; inelutável sombra e testemunha de cada passo dado; invisível metrónomo, que marca, de forma constante e irreversível, a cadência momentânea da caminhada existencial.
António Freitas

Atestando a sua incontornável e determinante importância no “dia a dia”, todos crescemos e vivemos aprendendo a utilizar, nas mais diversas situações, os “sábios” provérbios populares: “não deixes para amanhã o que podes fazer hoje”, “o tempo perdido não volta mais”, “o tempo é o senhor da razão”, “o tempo é como a honra: uma vez perdido nunca mais se recupera”, “não há melhor juiz que o tempo”, “dá tempo ao tempo”, etc.

Face à gravidade da situação por que estamos a passar, a dimensão temporal vai-se alterando, em função das constantes adaptações e readaptações a que a realidade nos vai obrigando. Cada minuto da(s) nossa(s) vida(s) encerra agora, na sua exiguidade, o passado, o presente e o futuro, ante a catadupa torrencial de informações, decisões, indecisões e sucessivas transformações que o desconhecimento da real extensão do efeito “Covid-19” vai, inexoravelmente apresentando, condicionando e impondo.

Não podemos permitir, nem aceitar, que o efeito desta pandemia nos remeta para uma espécie de “ghetto” existencial, onde já quase nada faz sentido, incluindo a própria vida…

É, então, tempo de reagir e resistir à solidão, à desilusão, à adversidade, ao infortúnio, à tristeza, à incerteza, ao cansaço e ao desalento. Não se pode “baixar a guarda” da nossa resiliência e perseverança física, anímica e emocional, sob pena de irmos perdendo sucessivas e importantes batalhas, neste combate que queremos, definitivamente, vencer.

Há uma premente necessidade e exigência de reaprender a viver. Em cada um de nós está a ínfima, mas nuclear, parcela da capacidade de resistir ao momento, reagindo e acreditando que da conjugação da nossa consciência pessoal com o sentido da responsabilidade coletiva, que todos temos que assumir, surgirão: a vontade e a força necessárias para levar de vencida este enorme desafio, atingindo a fórmula que desejamos alcançar para vencer o “coronavírus”.

O tempo está nas nossas mãos:

“Reagir é viver”…”Resistir é vencer”!

O tempo dirá…

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

As festas das aldeias e suas tradições

Com a chegada do verão começa a altura dos arraiais, das festas das aldeias, onde reina o tradicional bailarico e de seguida o dj a fazer o resto da magia.

Novo recorde de maior onda surfada na Praia do Norte

Há um novo recorde mundial de maior onda já surfada na Praia do Norte, na Nazaré, que foi alcançado pelo alemão Sebastian Steudtner, que em 29 de outubro de 2020 atingiu os 26,21 metros, segundo foi anunciado nesta terça-feira pela World Surf League (WSL), organizadora dos Red Bull Big Wave Awards.

onda