Q

Previsão do tempo

16° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 28° C
  • Sunday 27° C
16° C
  • Friday 27° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 28° C
17° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 33° C
  • Sunday 31° C

Ninguém morre por…

Alberto Campos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
- Ninguém morre por não ter turistas ingleses!

– Ninguém pensa em transformar o excesso de cimento e de hotéis no Algarve em lares de idosos, hospitais, centros de saúde, centros de dia, infantários , creches, escolas e outros edifícios verdadeiramente úteis à população?

E os hotéis que ainda sobrarem, que serão demasiados, talvez seja mais conveniente que sejam destruídos e transformados em espaços verdes, pomares, hortas e florestas, procurando repor o Algarve que, há mais de meio século, conheci quase como um paraíso.

– Ninguém morre por ter os aviões em terra!

Os aviões são um dos grandes contributos para os elevados níveis de poluição do universo.

Sem esse tipo de turismo aliado a outras actividades desnecessárias, boa parte dos aviões poderão ficar em terra, beneficiando o nosso país e o planeta. Nem sequer virão a ser necessários os actuais e sucessivos desperdícios de milhões na TAP, e o já desnecessário futuro aeroporto.

– Ninguém morre por não passar férias fora de portas.

Façam-no cada um nos países onde vivem, aproveitando para os desenvolverem com base em princípios ecológicos, respeitando a natureza e o planeta. Em Portugal desenvolvam o interior com hotéis, restaurantes e actividades ecológicas, quero dizer – sem poluição e com o devido respeito pela natureza. E, no futuro, terão o consequente retorno financeiro.

Não precisamos de ingleses e de outros estrangeiros malcriados e cheios de cerveja, aos quais teremos de andar sempre “vergados”, carregados em aviões como sardinhas em lata.

Pensem agora no futuro! Aproveitem este momento único para o fazerem!

Pensemos num país mais virado para uma vida ecológica, só materialista no necessário e mais espiritualizado. Portugal é um dos únicos países da Europa com condições para tomar esse caminho.

Quando começarmos a conseguir respeitar a natureza e o planeta, (nossa casa apenas por alguns anos), poderemos dar um passo verdadeiramente progressista e com reflexos proveitosos no futuro.

E esse futuro? Façamos cada um a sua parte que, esse futuro, a Deus pertence!

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Sofia está desaparecida

Ana Sofia Sousa Ribeiro, de 28 anos, foi supostamente passar uns dias em casa de uma amiga, em Lisboa, no passado dia 19, mas está desaparecida desde então, relata a família.

desaparecida

“Há Festa na Bordalo”

A Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha, é palco da iniciativa “Há Festa na Bordalo”, no dia 4 de junho, para encerramento do ano letivo.