Q

Previsão do tempo

19° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 21° C
20° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 22° C
20° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 23° C

Ramirez encerra fábrica em Peniche

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A empresa Ramirez comunicou aos trabalhadores "a decisão de encerrar as duas unidades atuais" em Leça da Palmeira (Matosinhos) e Peniche e "transferir toda a produção para a nova unidade", a fábrica denominada "Ramirez 1853", localizada em Lavra, outra das freguesias do concelho de Matosinhos.

Segundo a agência Lusa, o investimento de 18 milhões de euros e a necessidade de concentração da produção e da mão de obra são justificados com a antiguidade das atuais unidades, que “laboram há 60 anos e já não se compadecem com os desafios de espaço e as novas exigências das certificações nacionais e internacionais” exigidas às indústrias conserveiras.

Os postos de trabalho “estão assegurados” na nova fábrica, de acordo com a empresa. Contudo, o presidente da Câmara de Peniche, António José Correia, mostrou-se preocupado com a decisão e com a eventual extinção dos 40 postos de trabalho que a Ramirez tem em Peniche, ao alertar que a maior parte dos trabalhadores tem “mais de 50 anos e não vai conseguir mudar a sua vida para lá [Matosinhos]”.

Em caso de despedimentos, António José Correia defendeu que as indemnizações deverão ter “uma discriminação positiva”, devendo ser calculadas acima do que prevê a legislação laboral. “Não ponho em causa que a Ramirez resolva o problema dos trabalhadores cumprindo com aquilo que a lei diz para cumprir, mas, como são pessoas com alguma idade que lá trabalham há muitos anos, a câmara entende que não pode ser só isso”, sublinhou.

O autarca considerou que é uma “grande ingratidão da Ramirez” para com Peniche, lembrando que os executivos municipais “nunca criaram obstáculos a que a fábrica funcionasse, mesmo quando algumas questões ambientais não estavam a ser cumpridas”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Os Golpe lançaram novo álbum “Terra do Diabo”

O grupo musical Golpe lançou um novo álbum, intitulado “Terra do Diabo”. O quinteto é da Benedita, mas tem dois elementos que são das Caldas da Rainha.
Da banda fazem parte Carlos Marques (voz, baixo e guitarra acústica), Samuel Lucas (guitarra e back vocals), João Carlos (teclados) e os músicos das Caldas da Rainha, Luís Agostinho (teclados) e Louie Russo (bateria e back vocals).

golpe 1

Papagaios gigantes coloriram o céu na Foz do Arelho

O passado fim-de-semana foi de grande animação na Foz do Arelho, com diversos eventos a terem lugar, no âmbito do 2º Festival da Lagoa. No domingo, os papagaios tomaram conta do céu.

primeira

Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos continuam fechados ao fim de semana

A Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos no hospital das Caldas da Rainha, na Unidade Local de Saúde (ULS) do Oeste, vão continuar a não receber utentes entre as manhãs de sexta-feira e de segunda-feira e quem necessitar de assistência médica deverá dirigir-se ao Hospital de Santarém, pertencente à ULS da Lezíria.

urgencia