Q

Previsão do tempo

16° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 32° C
  • Wednesday 27° C
16° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 34° C
  • Wednesday 29° C
16° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 38° C
  • Wednesday 33° C

Basquetebol

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Equipas dos Pimpões com vitórias e derrotas Em fim-de-semana pleno de jogos, que trouxeram às Caldas da Rainha e ao Pavilhão da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro muito público e bons momentos de basquetebol, a equipa de Sub-18 Masculinos marcou o seu regresso às competições oficiais com uma incontestável vitória. No sector feminino, as Sub-16, […]
Basquetebol

Equipas dos Pimpões com vitórias e derrotas Em fim-de-semana pleno de jogos, que trouxeram às Caldas da Rainha e ao Pavilhão da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro muito público e bons momentos de basquetebol, a equipa de Sub-18 Masculinos marcou o seu regresso às competições oficiais com uma incontestável vitória. No sector feminino, as Sub-16, ainda desfalcadas, receberam em casa a equipa A do NDAP de Pombal. Jogo marcado por poucos cestos, muito nervosismo, alguma – demasiada – precipitação de ambas as equipas, acabaram a resultar num espectáculo pobre do ponto de vista técnico e de pontos mas muito emotivo pelo equilíbrio entre as formações. O resultado final de 33-41 ficou decidido no 3º período (parcial de 14-23), altura em que a desconcentração traiu as caldenses, pois os demais parciais (6-5, 5-8 e 8-5) foram de grande equilíbrio. Destaques para a boa exibição da capitã Rita Almeida (16 pontos) e, pela negativa, a lesão de Sara Fialho, que a impediu de continuar a contribuir com o bom jogo que estava a fazer. Já as Sub-19 Femininas deslocaram-se a Coimbra, à casa do Olivais, onde se bateram de igual com a equipa local, cujos pergaminhos no basquetebol feminino são reconhecidos a nível nacional. A derrota por escassos 8 pontos (57-49) acaba por revestir-se de grande valia e até encorajador para a continuação do campeonato. No sector Masculino, os Sub-14 foram a Leiria defrontar o clube local – CBL – tendo repetido a vitória da 1ª jornada, em jogo sem grande história, dada a juventude e inexperiência dos locais. O resultado final de 36-100 bem demonstra a facilidade com que os pupilos de Nuno Dinis desfilaram a sua classe. Por sua vez, os Sub-16 Masculinos receberam os pombalenses do NDAP, em jogo disputado do 1º ao último minuto e cujo desfecho acabou por sorrir à equipa que, sem ser a favorita Os Sub-18 Masculinosam dedicar-se mais nos treinos a corrigi-los. uma derrota nesta fase pode ser ben superioridade dos visutanà partida, foi mais agressiva defensiva e ofensivamente. Depois de um 1º período de algum domínio (18-14), a lesão de João Brás, que estava a ser fundamental na manobra ofensiva e nos roubos de bola, acabou por ditar a crescente superioridade dos visitantes – parciais de 17-18, 12-19 e 17-19 – concedendo a vitória aos visitantes por 64-70. No fim do jogo, Romão Silva comentava que, apesar da derrota, entendia que a equipa estava no bom caminho e uma derrota nesta fase pode ser benéfica para que, admitindo os erros individuais e de conjunto, os seus pupilos possam dedicar-se mais nos treinos a corrigi-los. A destacar a excelente exibição do jovem Bernardo Folhas, transferido do Stella Maris de Peniche e que demonstrou muita classe e garra e de lamentar a lesão de João Brás, numa altura em que os caldenses estavam a dominar totalmente o jogo. Os Sub-18 Masculinos tiveram a sua estreia competitiva em casa contra o Marinhense, confirmando os bons indícios que deram nos jogos-treino mas mostrando ainda algumas lacunas no jogo colectivo e no enquadramento defensivo. Com um início de jogo de 7-0 e 1º parcial de 15-9, os caldenses nunca tiveram o jogo em risco, excepto por instantes momentos de descontracção dos locais e de génio do capitão marinhense Bernardo Sampainho que colocaram o marcador em 17-18, mas rapidamente corrigido até ao intervalo (25-18). Com parciais na 2ª parte de 21-16 e 18-11, facilmente os locais estabeleceram o resultado final em 64-45, que podia ser claramente mais expressivo se as lacunas acima referidas ainda não fossem tão patentes. Miguel Sousa referia a seguir ao jogo: “Tratando-se do 1º jogo oficial e fruto de algum claro domínio no inicio do jogo, aproveitámos para trabalhar algumas alternâncias defensivas que precisam forçosamente de afinação e jogos. Destaque para a excelente prestação dos atletas que saltaram do banco, conferindo assim uma dimensão extra a esta vitória. Diria que mais que ganhar um jogo, ganhámos uma equipa”. Destaque também para outro jovem proveniente do Stella Maris – João Ribeiro – que averbou 25 pontos e foi fundamental na manobra ofensiva da equipa. Os demais cumpriram sendo de salientar a evolução de alguns atletas que no ano passado raramente foram opções de 1º plano CALENDÁRIO: Torneio de Outono – Sub-14 Masculinos Pimpões x IEJOTA-B – 06/11/11 – 15h00 (Pavilhão da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro – Caldas da Rainha) Campeonato Distrital – Sub-19 Femininos Pimpões x CAD Coimbra – 05/11/11 – 17h00 (Pavilhão da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro – Caldas da Rainha) Campeonato Distrital – Sub-18 Masculinos IEJOTA-B x Pimpões – 12/11/11 – 15h00 (Pavilhão do Instituto Educativo do Juncal)

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Distribuição de kits de primeiros socorros reforça segurança

O município de Óbidos concretizou a aquisição de 50 kits de primeiros socorros como parte de uma estratégia para melhorar a segurança de utentes e profissionais em espaços municipais. Os equipamentos serão distribuídos por escolas, jardins de infância, atividades de tempos livres (ATL) e outros serviços, visando aumentar a capacidade de resposta a emergências.

kits

“Semana Sénior” com passeios

O Serviço de Ação Social do Município do Cadaval voltou a promover a “Semana Sénior”, que decorreu de 1 a 5 de julho e contou com mais de 250 participantes. Castelo de Vide, Coruche, Lisboa, Nisa e Porto de Mós foram as localidades visitadas nesta edição.

semana

Viola amarantina chega ao CCC

O músico e compositor natural de Vila Real, Rui Fernandes, continua a sua digressão pelo país a apresentar a sua mestria na viola amarantina, instrumento tradicional de cinco ordens de cordas duplas, originário da região de Amarante. No dia 26 de julho, às 21h30, atua em quarteto, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

viola