Q

Previsão do tempo

22° C
  • Monday 29° C
  • Tuesday 31° C
  • Wednesday 26° C
22° C
  • Monday 30° C
  • Tuesday 33° C
  • Wednesday 27° C
23° C
  • Monday 35° C
  • Tuesday 37° C
  • Wednesday 31° C

Furtos agrícolas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os furtos de uvas das vinhas levaram a Companhia Agrícola do Sanguinhal, sedeada no Bombarral, a contratar um guarda-nocturno para vigiar os 90 hectares de vinha até finais de Outubro. Segundo um responsável da empresa, citado pelo semanário Sol, de uma só vez já levaram dez toneladas de uvas, provocando prejuízos na ordem dos 3500 […]

Os furtos de uvas das vinhas levaram a Companhia Agrícola do Sanguinhal, sedeada no Bombarral, a contratar um guarda-nocturno para vigiar os 90 hectares de vinha até finais de Outubro. Segundo um responsável da empresa, citado pelo semanário Sol, de uma só vez já levaram dez toneladas de uvas, provocando prejuízos na ordem dos 3500 euros. Com a crise instalada, os agricultores temem que aumentem os furtos de bens alimentares, tanto de fruta como de hortícolas, para além de equipamentos.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Detido com faca após zaragata no Parque

Um indivíduo de 26 anos foi detido pela PSP das Caldas da Rainha no Parque D. Carlos I quando tinha abandonado uma faca de mato, com uma lâmina com comprimento superior ao legalmente permitido, após ter estado envolvido numa zaragata com outro homem.

parque1 1

Escultura de homenagem à PSP deixa polícias emocionados pela ligação à comunidade

Foi inaugurada na passada sexta-feira uma escultura de homenagem à PSP na sede da Divisão Policial das Caldas da Rainha, a propósito dos 150 anos do Comando Distrital. Peça da autoria de Carlos Oliveira em parceria com a empresa MVC Portuguese Limestones, representa “um gesto de apreço pela entrega abnegada dos nossos polícias no que fazem na defesa dos que mais precisam”, considerou o superintendente, Luís Carrilho, diretor nacional da PSP, presente na cerimónia.

escultura1 1

Menor internado em centro educativo por atear seis fogos florestais

O Tribunal da Relação de Coimbra confirmou a pena de medida tutelar educativa de internamento em centro educativo, em regime fechado, pelo período de três anos, aplicada a um menor de quinze anos pelo Juízo de Família e Menores das Caldas da Rainha, pela prática de cinco crimes de incêndio florestal e outro qualificado como incêndio florestal agravado.

menor