Q

Previsão do tempo

15° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 18° C
15° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 18° C
16° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 20° C

Óbidos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Aliança entre o Chocolate e o Vinho do Porto “Unir o chocolate ao vinho do Porto” é um dos objectivos do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP), como estratégia para abrir novos caminhos ao consumo e aumentar as vendas. Como forma de divulgar a aliança dos dois produtos, o IVDP, em colaboração com […]
Óbidos

Aliança entre o Chocolate e o Vinho do Porto “Unir o chocolate ao vinho do Porto” é um dos objectivos do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto (IVDP), como estratégia para abrir novos caminhos ao consumo e aumentar as vendas. Como forma de divulgar a aliança dos dois produtos, o IVDP, em colaboração com o Festival do Chocolate de Óbidos, promoveram no dia 11 de Março uma “Prova Comentada Vinho do Porto e Chocolate”, que decorreu no Restaurante-Escola de Óbidos. Antes da degustação dos vinhos e do chocolate, Carlos Soares, do Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, fez uma introdução ao produto. Com esta iniciativa o técnico quer uma melhor e maior utilização do Vinho do Porto em ementas de restaurantes em Portugal. “A fixação na carta de sobremesas de sugestões que incluam o Vinho do Porto, e eventualmente outras como entradas e acompanhamento de pratos principais”, é o nosso objectivo, disse Carlos Soares, referindo que no Canadá, Alemanha, EUA, Reino Unido, entre outros países onde o Vinho do Porto é comercializado, “vê-se o produto nas cartas dos doces”. Para esta acção foi feita uma pré-selecção de cinco vinhos – Infantado White, Cálem 10 anos, Niepoort 20 anos, Graham’s LBV 2003 e Fonseca Guimaraens Vintage 1986. Uma prova das diversas categorias especiais desses Portos, combinada com chocolate do México de 66% de cacau, Tânzania de 75% de cacau, San Domingo de 70% de cacau e chocolate de leite (Papouasie) e ainda chocolate derretido fizeram as delícias das pessoas presentes na prova. A ligação do Vinho do Porto ao bolo de chocolate Sacher da Áustria também foi testada com sucesso. A união da Ameixa embebida em chocolate e o Porto foi uma combinação também muito apreciada. Para a prova, foi utilizado o copo oficial do Vinho do Porto desenhado pelo arquitecto Siza Vieira. Segundo Carlos Soares, o Vinho do Porto deve ser servido como acompanhamento de sobremesa porque: A doçura, a intensidade e a persistência aromática da grande maioria das sobremesas deve ser contrabalançada pelo acompanhamento de um vinho igualmente doce, intenso e persistente como é o caso do Vinho do Porto. Este responsável referiu que duas regras para combinar gastronomia e vinho é “encontrar semelhanças aromáticas entre a comida e o vinho e associar aromas e sabores nos vinhos que contrastem um com o outro mas que se complementem”. Quanto ao Vinho do Porto com o chocolate, Carlos Soares disse que a tendência mais usual é “acompanhar chocolate com Porto Vintage e LBV, uma vez que em ambas as categorias se encontram aromas de chocolate e são vinhos taninosos que competem bem com o amargor do chocolate, principalmente do preto”. De acordo com Victor Nunes, Director Técnico do Festival do Chocolate de Óbidos “tem de haver equilibrio entre o Vinho do Porto e o chocolate”. Mas quando fala de chocolate, refere-se ao produto de qualidade, “meio-amargo ou escuro, com maiores percentuais de cacau”. Segundo este responsável,”muito do chocolate à nossa volta é tudo menos chocolate”. “Os portugueses são bons consumidores do café mas não do chocolate”, apontou. O IVDP quer demonstrar que as 125,7 milhões de garrafas produzidas anualmente deste fortificado português não devem ser degustadas apenas como aperitivo. Marlene Sousa

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

José Viegas com duplo título de campeão nacional de veteranos

José Viegas, que reside nas Caldas da Rainha e foi um dos melhores praticantes nacionais de ténis de mesa, tendo representado o Sporting das Caldas para além de FC Porto, Benfica, Sporting e Clube 81 Huelva de Espanha, entre outros, e foi internacional por Portugal e com inúmeros títulos nacionais, conquistou nos dias 18 e 19 de maio, na Figueira da Foz, na categoria de veteranos, o Campeonato Nacional Individual e de Pares.

viegas