Q

Previsão do tempo

25° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 18° C
25° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 19° C
24° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 20° C

La Vie renova protocolos para projeto sustentável

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Centro Comercial La Vie nas Caldas da Rainha apresentou na passada segunda-feira o balanço das atividadesdesenvolvidas nas suas responsabilidades de sustentabilidade, no âmbito do projeto Go Green ao longo dos últimos dois anos,e ainda aproveitou para renovar o protocolo com várias instituições da região que trabalham o tema da sustentabilidade. Este projeto, que foi […]
Apresentação das atividades desenvolvidas no âmbito do Go Green (foto Pedro Almeida)

O Centro Comercial La Vie nas Caldas da Rainha apresentou na passada segunda-feira o balanço das atividades
desenvolvidas nas suas responsabilidades de sustentabilidade, no âmbito do projeto Go Green ao longo dos últimos dois anos,
e ainda aproveitou para renovar o protocolo com várias instituições da região que trabalham o tema da sustentabilidade.

Este projeto, que foi implementado em abril de 2021, teve como objetivo a adoção de práticas de sustentabilidade nos centros
comerciais geridos pela Widerproperty, e ainda dinamizar com a comunidade projetos que promovam a alteração de hábitos e
comportamentos dos caldenses tornando-os mais sustentáveis na proteção do planeta. Nesse sentido, o programa assenta em
pilares como criar valor económico sustentável, reduzir o consumo de recursos naturais, contribuir para a economia circular e
implementar parcerias com as forças vivas da região, apostando no envolvimento da comunidade e na promoção da
sustentabilidade.
“Quando lançámos o Go Green, a ambição imediata foi dinamizar com a comunidade projetos que promovessem a alteração
para hábitos e comportamentos cada vez mais sustentáveis na proteção do planeta ambiental, e nestes últimos dois anos
foram muitas as ações que foram desenvolvidas nesse contexto”, explicou o administrador da Widerproperty, Luís Loureiro,
adiantando que “agora, a ambição cresceu e estamos no alinhamento das práticas e políticas ESG (Environmental, Social and
Governance)”.
De acordo com o administrador, este referencial, ainda pouco divulgado, mas que está já foi implementado ao nível dos
proprietários e gestores imobiliários, assume-se como um conjunto de padrões e boas práticas que visam garantir a gestão que
cumpre critérios a três níveis, como a sustentabilidade ambiental, como é já comum, responsabilidade social muito suportada
na igualdade de oportunidades para as pessoas com quem se interage ou criação de emprego, e modelo de governança
alinhado com critérios de transparência, rigor, partilha de valor a titulo de exemplos.
Trata-se assim de uma forma de medir o desempenho de sustentabilidade de uma organização, com padrões internacionais, e
que no curto prazo vão estar assumidos de forma corrente. “Na prática, é também uma forma de mostrar responsabilidade e
comprometimento com o mercado onde atuam, desde os fornecedores, clientes, colaboradores e os seus investidores”,
sublinhou Luís Loureiro.
O diretor do centro comercial, Amaro Correia, sublinhou que “hoje estamos aqui para dar um passo evolutivo, num processo
que começou com a questão ambiental e sustentabilidade, mas que agora queremos alargar para outras componentes no
âmbito social, através das práticas e políticas ESG”. Nesse sentido, “queremos que todos os parceiros colaborem connosco
para este plano, que pretendemos elaborar para o futuro”, referiu.
No âmbito do Go Green, o diretor do centro comercial fez uma “pequena retrospetiva das atividades”, desenvolvidas no último
ano com todas as entidades já protocoladas, como a Iniciativa Caldas Sempre Limpa, onde foi recolher 115,42 kg de lixo, uma
caminhada e a exposição fotográfica “Biodiversidade do Paul de Tornada “.
Presente na apresentação esteve também o presidente da Câmara Municipal, Vitor Marques, que expressou estar em total
sintonia de objetivos ao nível da sustentabilidade, destacando ainda a importância de projetos e ações que são desenvolvidas
neste âmbito.
Após os discursos, as instituições da região assumiram novamente o compromisso de continuar a inovar e dinamizar o
incentivo das boas práticas de uma sustentabilidade alargada, que passa do contexto ambiental para a sustentabilidade
humana.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Estudantes visitam Paul de Tornada

A Associação PATO recebeu duas turmas da Escola Secundária Raul Proença, que realizaram um conjunto de atividades de voluntariado, explorando a Reserva Natural do Paul de Tornada numa visita guiada, contribuíram para o nascimento de um jardim sensorial e efetuaram ainda uma monitorização ambiental na Lagoa de Óbidos com o Projeto Coastwatch, recolhendo muito lixo marinho.

pato

Trio detido por tráfico de droga

O Núcleo de Investigação Criminal de Caldas da Rainha da GNR deteve três homens, com idades entre 25 e 35 anos, por tráfico de estupefacientes, nos concelhos do Bombarral e Caldas da Rainha.

trafico