Q

Previsão do tempo

21° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
22° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
22° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 23° C

“A Coragem da Minha Mãe” no Teatro da Rainha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os Artistas Unidos estarão no Teatro da Rainha, nas Caldas da Rainha, com o espetáculo “A Coragem da Minha Mãe”, de George Tabori, de 28 a 30 de abril, às 21h30.

Os Artistas Unidos estarão no Teatro da Rainha, nas Caldas da Rainha, com o espetáculo “A Coragem da Minha Mãe”, de George Tabori, de 28 a 30 de abril, às 21h30.

O espetáculo tem a interpretação de Antónia Terrinha, Pedro Carraca e Hélder Braz e vozes de Carla Bolito, Américo Silva, António Simão, João Meireles, Jorge Silva Melo, Nuno Gonçalo Rodrigues, Pedro Caeiro e Tiago Matias. A encenação é de Jorge Silva Melo.

Baseando o seu texto na história real da sua mãe, Tabori relata como Elsa, com 55 anos, sendo presa em Budapeste, no verão de 1944, e deportada com quatro mil judeus, consegue salvar-se afirmando que a sua prisão é ilegal, visto que tinha em sua posse um passaporte da Cruz Vermelha que a protegia, embora se tivesse esquecido dele em casa. Em vez de seguir para Auschwitz, Elsa dá por si num comboio de regresso a Budapeste.

Em “A Coragem da Minha Mãe”, como noutros textos de Tabori sobre o holocausto nazi, à cabeça a narrativa, depois transformada em drama, não faltam pormenores cómicos.

George Tabori (1914-2007) depois da guerra encorajou a sua mãe, que como muitos outros continuava silenciosa e sem querer falar da sua experiência de perseguição, a escrever a sua história de vida. Ela escreveu um manuscrito com cem mil palavras, em que três páginas eram dedicadas à sua fuga da morte quase certa. Apesar de o manuscrito se ter perdido, este particular pormenor ressoou em Tabori.

Nos anos 60, ele transformou-o num conto com o título “A Coragem da Minha Mãe”, que transformou primeiro numa peça radiofónica e depois numa peça para o palco, nos anos 70. Tabori admitiu ter acrescentado e inventado algumas coisas, mas afirmou que tanto o conto como a peça eram largamente baseados no relato da sua mãe, e a sua mãe – ao contrário dele – nunca mentia, dizia sempre a verdade.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

7ª Festa da Flor no Bairro Azul

A Associação Moradores e Amigos do Bairro Azul vai realizar a 7ª Festa da Flor nos dias 25 e 26 de maio, entre as 10h00 e as 22h00.

azul 1

Jantar convívio em Santa Catarina

O Centro Pastoral de Santa Catarina é palco no dia 4 de maio de um jantar convívio promovido pela Comissão de Pais de Santa Catarina no âmbito das comemorações dos 30 anos da escola da freguesia.

jantar