Q

Previsão do tempo

22° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 24° C
22° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 25° C
27° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 27° C

Acusado de fogos não presta declarações

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O homem acusado de 14 crimes de incêndio no verão passado, na maioria no concelho do Cadaval, recusou prestar declarações em tribunal, na sessão decorrida no passado dia 4, revelou a agência Lusa.

O homem acusado de 14 crimes de incêndio no verão passado, na maioria no concelho do Cadaval, recusou prestar declarações em tribunal, na sessão decorrida no passado dia 4, revelou a agência Lusa.

Segundo a acusação, o homem ateava os fogos rurais nas deslocações entre os locais de residência, no Cercal, e de trabalho, em Alguber. Utilizava artefatos preparados para retardarem a ignição, de modo a que quando o incêndio deflagrasse já não se encontrasse nos locais afetados.

Os fogos consumiram uma área total de sete hectares, correspondentes em alguns casos a povoamento florestal. A dimensão não foi maior devido à intervenção de bombeiros e populares.

O arguido, de 31 anos, pintor da construção civil, sem antecedentes criminais, foi detido pela Polícia Judiciária a 16 de agosto de 2023, quando circulava no seu veículo, no interior do qual foram encontrados materiais usados na construção dos artefatos.

Os incêndios de que está acusado foram ateados nos dias 26 de julho de 2023 em Outeiro da Cabeça (Torres Vedras), 27 e 28 de julho no Peral (Cadaval), 31 de julho em Figueiros e Alguber (Cadaval), 4 de agosto em Alguber, 5 de agosto num eucaliptal junto à Estrada Nacional 366, no Cadaval, 7 de agosto em Casal Caniço e Cercal (Cadaval), 11 e 12 de agosto na Sobrena (Cadaval) e 16 de agosto em Alguber.

O homem está ainda acusado de 11 crimes de condução sem habilitação legal.

O julgamento prossegue no dia 11 de julho, às 14h30.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Escultura de homenagem à PSP deixa polícias emocionados pela ligação à comunidade

Foi inaugurada na passada sexta-feira uma escultura de homenagem à PSP na sede da Divisão Policial das Caldas da Rainha, a propósito dos 150 anos do Comando Distrital. Peça da autoria de Carlos Oliveira em parceria com a empresa MVC Portuguese Limestones, representa “um gesto de apreço pela entrega abnegada dos nossos polícias no que fazem na defesa dos que mais precisam”, considerou o superintendente, Luís Carrilho, diretor nacional da PSP, presente na cerimónia.

escultura1 1

Menor internado em centro educativo por atear seis fogos florestais

O Tribunal da Relação de Coimbra confirmou a pena de medida tutelar educativa de internamento em centro educativo, em regime fechado, pelo período de três anos, aplicada a um menor de quinze anos pelo Juízo de Família e Menores das Caldas da Rainha, pela prática de cinco crimes de incêndio florestal e outro qualificado como incêndio florestal agravado.

menor

Ferido grave em despiste de scooter

Um homem de 77 anos que conduzia uma scooter sofreu ferimentos graves na sequência do despiste junto à rotunda na Rua Leonel Sotto Mayor, na cidade das Caldas da Rainha, na manhã da passada terça-feira.

scooter