Q

Previsão do tempo

22° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 24° C
23° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 25° C
24° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 27° C

A-dos-Francos e Foz do Arelho celebraram 15º aniversário de elevação a vilas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Fez 15 anos a 12 de junho que A-dos-Francos e Foz do Arelho passaram a ser vilas, depois de ser votada a sua elevação na Assembleia da República. Como habitual, ambas as localidades assinalaram esse aniversário com festas e várias atividades durante o fim-de-semana prolongado do feriado do Dia de Portugal.

Fez 15 anos a 12 de junho que A-dos-Francos e Foz do Arelho passaram a ser vilas, depois de ser votada a sua elevação na Assembleia da República. Como habitual, ambas as localidades assinalaram esse aniversário com festas e várias atividades durante o fim-de-semana prolongado do feriado do Dia de Portugal.

Nas cerimónias, o presidente da Assembleia Municipal das Caldas da Rainha, Lalanda Ribeiro, salientou que em breve o concelho poderá vir a ter cinco vilas. “É algo que nos enche de orgulho”, afirmou.

Isto porque o grupo parlamentar do PSD na Assembleia da República, onde se inclui o caldense Hugo Oliveira, apresentou, recentemente, projetos de lei para a elevação de Salir de Matos e de Salir do Porto a vila.

Santa Catarina foi elevada a vila em 1991, na altura com um projeto de lei do então deputado Lalanda Ribeiro.

De acordo com a lei, uma localidade pode ser elevada à categoria de cidade de tiver mais de oito mil eleitores e uma série de equipamentos de públicos, como farmácias, museus, estabelecimentos de ensino e parques ou jardins públicos, entre outros.

Os projetos de elevação de A-dos-Francos e Foz do Arelho foram apresentados na altura pelo deputado António Galamba, que chegou a ser candidato à presidência da Câmara das Caldas e cumpriu um mandato de quatro anos como vereador.

Lalanda Ribeiro propôs que se criasse uma prova de ciclismo que unisse as freguesias de A-dos Francos e da Foz do Arelho, tendo em conta que a data de elevação a vila é a mesma.

Tasquinhas de A-dos-Francos

Em A-dos-Francos decorreram as Tasquinhas, no parque de eventos Justino Sobreiro.

Para além de vários concertos com baile e do espaço da restauração, o evento incluiu a Festa das Marchas Populares com a atuação dos grupos da Casa do Povo de A-dos-Francos, da Sociedade de Instrução Musical, Cultura e Recreio de A-dos-Francos, da associação Monte Olivett e a ARECO, do Coto.

No discurso de encerramento das Tasquinhas, o presidente da Junta de Freguesia de A-dos-Francos, Paulo Sousa, também pediu o apoio da Câmara para obras que considera fundamentais, nomeadamente a creche dos Carreiros e o projeto de Habitação Jovem dos Casais Santa Helena e de A-dos-Francos. Falou ainda do passeio de Santa Suzana, na estrada que faz a ligação à freguesia do Landal.

O autarca agradeceu a todos os que colaboraram na elaboração da festa da vila.

Foz do Arelho homenageou fundadores da Condaço

A Foz do Arelho celebrou o 15º aniversário também um com programa de festas, que incluiu o lançamento da nova marca do projeto “FOZge COMIGO”.

Em 2024 comemora-se também o 105º aniversário da criação da freguesia da Foz do Arelho.

Inserido na festa da vila, de 7 a 9 de junho decorreu o encontro de autocaravanas da Foz do Arelho. Do programa fez parte a procissão da Lagoa que estava prevista para o dia 7, mas devido às condições climatéricas acabou por se realizar a 9 de junho.

Durante a sessão solene, no dia 12, foi entregue a medalha de mérito da freguesia à empresa Condaço, que empregou muitas pessoas da Foz e que apoiou várias instituições locais.

A empresa, que já fechou, tinha quatro sócios e os seus filhos receberam todos um “diploma” de atribuição dessa medalha, para que todos ficassem com uma recordação da homenagem.

Dois dos sócios da empresa, Manuel e José Conde, casaram-se com duas irmãs da Foz e constituíram família naquela localidade.

A presidente da Assembleia de Freguesia da Foz do Arelho, Natércia Correia, explicou que entenderam fazer esta homenagem por tudo o que os sócios da empresa fizeram pela localidade, salientando que “contribuíram para a construção do antigo Centro de Saúde e nas obras de reparação do Centro Social e Recreativo”.

Fernando Sousa, presidente da Junta, referiu que também foi funcionário da Condaço durante 11 anos. “Quando começaram a laborar foi onde está agora o arraial da Foz”, contou.

Na cerimónia solene, o presidente da Foz também fez pedidos ao presidente da Câmara, nomeadamente a construção de uma ciclovia entre a rotunda da Green Hill e o Penedo Furado. Uma ideia que agrada ao atual executivo, segundo revelou o presidente da Câmara, Vitor Marques.

Fernando Sousa voltou a criticar a forma como a OesteLED, projeto da Oestecim, tem descurado a iluminação pública na sua freguesia. “É altura de tomarem uma atitude”, pediu ao presidente da Câmara.

O autarca salientou ainda a necessidade de se realizar uma intervenção na Lagoa de Óbidos que evite que esta “morra de vez”. Vitor Marques comentou que esta é uma luta de todos os autarcas, uma vez que a última intervenção “ficou aquém das necessidades da Lagoa”.

O presidente da Câmara quer continuar a promover “o destino da Foz do Arelho” e desta forma ajudar ao seu crescimento.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Caldense no pódio de Miss Inteligência Artificial

Olivia C. é uma influencer portuguesa, gerada por IA (Inteligência Artificial), que ficou no pódio do primeiro concurso de beleza de IA do mundo. Natural das Caldas da Rainha, Olivia ficou em terceiro lugar. Lalina, da França, ficou em segundo e a grande vencedora foi Kenza Layli, de Marrocos. 

olivia1

Menor internado em centro educativo por atear seis fogos florestais

O Tribunal da Relação de Coimbra confirmou a pena de medida tutelar educativa de internamento em centro educativo, em regime fechado, pelo período de três anos, aplicada a um menor de quinze anos pelo Juízo de Família e Menores das Caldas da Rainha, pela prática de cinco crimes de incêndio florestal e outro qualificado como incêndio florestal agravado.

menor

Ferido grave em despiste de scooter

Um homem de 77 anos que conduzia uma scooter sofreu ferimentos graves na sequência do despiste junto à rotunda na Rua Leonel Sotto Mayor, na cidade das Caldas da Rainha, na manhã da passada terça-feira.

scooter