Q

Previsão do tempo

22° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 24° C
23° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 25° C
24° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 27° C

Átrio Criativo abriu portas ao som dos Santos Populares

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Bruno Marques e Patrícia Silva dinamizaram mais uma sessão do Átrio Criativo, na Expoeste, no dia 8 de junho, em mês das festas dos Santos Populares, com a participação de vários artesãos contemporâneos, artistas e criadores. O evento é dinamizado todos os meses desde março, das 14h00 até as 23h00, durante um dia.
Mosqueteiras.br com crochet

Bruno Marques e Patrícia Silva dinamizaram mais uma sessão do Átrio Criativo, na Expoeste, no dia 8 de junho, em mês das festas dos Santos Populares, com a participação de vários artesãos contemporâneos, artistas e criadores. O evento é dinamizado todos os meses desde março, das 14h00 até as 23h00, durante um dia.

Este projeto partiu de um desafio lançado pelo Gabinete de Eventos da Associação Empresarial da Região Oeste (AIRO), que pretendia criar um mercado diferente todos os meses, com nova decoração e novos projetos a serem exibidos.

Luís Ferreira, que faz parte da coordenação de eventos da AIRO, lançou o desafio para o Átrio Criativo dar voz e espaço às pessoas que gostam de mostrar o que é a sua arte, proporcionando-lhes um palco para comercializarem as suas obras.

Nesta 4ª edição do mercado o átrio da Expoeste encheu-se de quarenta bancas que divulgaram os seus trabalhos na costura, escultura, bijuteria e muito mais, tudo feito com muito amor e dedicação.

Segundo Bruno Marques, o Átrio Criativo destaca-se “pelo diferencial dos expositores, o tipo de projetos que existem e a criatividade em cada peça que é aqui vendida”.

Os artistas candidatam-se pela página de Facebook e Instagram do Átrio Criativo todos os meses através de um formulário. “Damos sempre prioridade a quem já esteve nas edições passadas e após fecharem essas candidaturas, abrimos então de forma a inserir novos projetos”, relatou, fazendo notar a preocupação com a “originalidade, tipo de produto e diversidade”.

Uma das participantes foi Daniela, fundadora das Mosqueteiras.br, que veio do Brasil com um negócio de crochet que realiza em conjunto com a tia e com a irmã, numa família de vários artistas.

Trabalha como designer e sentia que passava muitas horas ao computador. “O meu trabalho exige muito tempo de computador, muitas dores de cabeça e precisava de alguma coisa manual”, contou. Após realizar algumas criações pessoais que a ajudavam a relaxar, aventurou-se no crochet.

Participou no Átrio Criativo pela segunda vez. “A primeira foi incrível, muita gente criativa e muita gente para fazer troca de conhecimentos”, comentou Daniela, que conheceu o projeto através do Instagram.

Nas redes sociais são divulgados os participantes, levando as pessoas a saber de antemão quais os negócios que vão estar presentes.

Entre outros projetos, estiveram presentes nesta edição BekasArt com trabalhos em decoupage e pintura em madeira e telhas, a Docisses com pastelaria saudável ou Mónica Pacheco Criações, com velas e sabonetes artesanais.

No mês passado o tema foi a família e este mês o espaço foi decorado com faixas coloridas e invadido com música dos Santos Populares. Às 17h00 foi feita apresentação do livro “Inteligência Espiritual”, de Tânia Cristina Teodoro, e a partir das 20h00 houve música ao vivo com Rubin Kazin. Estiveram ainda a decorrer durante todo o dia várias sessões de Yoga para Bebés e uma banca de pinturas faciais.

“A afluência em termos de projetos tem vindo a crescer”, manifestou Bruno Marques. A próxima edição será em setembro, existindo agora uma paragem durante dois meses.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Caldense no pódio de Miss Inteligência Artificial

Olivia C. é uma influencer portuguesa, gerada por IA (Inteligência Artificial), que ficou no pódio do primeiro concurso de beleza de IA do mundo. Natural das Caldas da Rainha, Olivia ficou em terceiro lugar. Lalina, da França, ficou em segundo e a grande vencedora foi Kenza Layli, de Marrocos. 

olivia1

Menor internado em centro educativo por atear seis fogos florestais

O Tribunal da Relação de Coimbra confirmou a pena de medida tutelar educativa de internamento em centro educativo, em regime fechado, pelo período de três anos, aplicada a um menor de quinze anos pelo Juízo de Família e Menores das Caldas da Rainha, pela prática de cinco crimes de incêndio florestal e outro qualificado como incêndio florestal agravado.

menor

Ferido grave em despiste de scooter

Um homem de 77 anos que conduzia uma scooter sofreu ferimentos graves na sequência do despiste junto à rotunda na Rua Leonel Sotto Mayor, na cidade das Caldas da Rainha, na manhã da passada terça-feira.

scooter