Q

Previsão do tempo

23° C
  • Thursday 23° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 24° C
23° C
  • Thursday 23° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 25° C
26° C
  • Thursday 26° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 27° C

Arraial na Escola Básica do Furadouro envolveu os pais na festa   

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Escola Básica do Furadouro, em Óbidos, assinalou no passado dia 14 o final do ano letivo com um arraial popular que reuniu a comunidade escolar numa iniciativa com muita animação. O entusiasmo foi grande, com os alunos a dançarem, cantarem e a fazerem o comboio ao som da canção “Apita o Comboio” juntamente com os pais e avós.
Dança para pais e filhos

A Escola Básica do Furadouro, em Óbidos, assinalou no passado dia 14 o final do ano letivo com um arraial popular que reuniu a comunidade escolar numa iniciativa com muita animação.

O entusiasmo foi grande, com os alunos a dançarem, cantarem e a fazerem o comboio ao som da canção “Apita o Comboio” juntamente com os pais e avós.

Foi uma festa organizada pela Associação de Pais e Encarregados de Educação do Furadouro e Jardins Adjacentes em colaboração com a escola, com o intuito de promover a interação entre família e o estabelecimento de ensino.

O evento reuniu os alunos e suas famílias numa celebração cheia de alegria e tradição. Com música, animação, comida e petiscos bem típicos, o arraial proporcionou um ambiente festivo e descontraído.

Não faltou a venda de manjericos personalizados pelas crianças do Jardim de Infância e também houve fogo de artifício. 

O arraial tinha as tradicionais bifanas portuguesas, sopa da pedra, canja, creme de legumes e sobremesas. “O objetivo foi angariar fundos para pequenas intervenções futuras na escola ou nos jardins de infância, que têm pequenas coisas que precisam de ser reparadas e assim conseguimos agir rapidamente”, disse a presidente da Associação de Pais, Lilia Marquês.

“O nosso objetivo principal era fazer uma festa de família. Como presidente da Associação de Pais sou apologista de que a escola é a segunda família das crianças e como tal fazia sentido fazer um arraial informal em que conseguíssemos reunir a família”, explicou.

Segundo Lilia Marquês, “houve um ensaio das danças com os professores nos tempos livres, onde apelámos que tentassem envolver os pais”. “Toda esta festa contou com a colaboração dos pais, que deram os produtos alimentares e fizeram as sobremesas e isto é positivo porque estão a sentir-se mais incluídos na escola”, adiantou.

A responsável destacou a dinâmica da Associação de Pais, que tem nove elementos, e acredita que o “ideal é a família e a escola formarem uma equipa e sigam os mesmos princípios e critérios em relação aos objetivos que desejam atingir”.

Lilia Marquês realçou ainda a boa colaboração com a direção do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos.

O diretor do Agrupamento de escolas Josefa de Óbidos, José Santos, revelou que têm três associações de pais e que tenta “colaborar da melhor forma com todas, para bem dos alunos”. “Por vezes temos dificuldades a atender situações urgentes e as associações de pais não têm essa condicionante e podem ajudar de uma forma mais rápida em pequenos arranjos e aquisição de equipamentos”, relatou.

José Santos referiu que o maior problema neste momento neste estabelecimento de ensino são algumas “infiltrações que estão a ser resolvidas”.

Revelou ainda que o campo da Escola Básica do Furadouro em Óbidos foi requalificado, numa parceria da escola com o Município de Óbidos.

O responsável destacou a dinâmica da Associação de Pais e Encarregados de Educação do Furadouro e Jardins Adjacentes, que no âmbito da prevenção rodoviária entregaram bicicletas aos jardins de infância. “Temos tido atividades de cicloturismo e houve crianças que aprenderam a andar de bicicleta na escola”, contou o responsável.  

O diretor do Agrupamento também defende a abertura da escola aos pais. “É necessário que se construam relações frutuosas de cooperação para atingir um objetivo comum que é o desenvolvimento integral das crianças e jovens”, salientou.

José Santos realçou o papel das associações de pais e apelou a mais participação da comunidade escolar.

Quanto ao próximo ano letivo, José Santos referiu que há “novidades a nível do desporto escolar, vai haver uma maior resposta a nível do digital e apostar num ensino mais centrado no aluno”.

O Agrupamento de Escolas do Agrupamento Josefa de Óbidos tem 1400 alunos. A Escola Básica do Furadouro tem cerca de 250 estudantes, divididos ente o 1º e 2º ciclo. Os Jardins de Infância do Vau, Olho Marinho e Amoreira, que fazem parte deste complexo escolar e que que têm no total cerca de 70 crianças, também foram envolvidos no arraial, onde participaram com diversas iniciativas.

Arraial 2 1
O diretor do Agrupamento, José Santos, a vereadora Margarida Reis e a presidente da Associação de Pais, Lilia Marquês
arraial 3
As tradicionais bifanas e sopa da pedra
(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Escultura de homenagem à PSP deixa polícias emocionados pela ligação à comunidade

Foi inaugurada na passada sexta-feira uma escultura de homenagem à PSP na sede da Divisão Policial das Caldas da Rainha, a propósito dos 150 anos do Comando Distrital. Peça da autoria de Carlos Oliveira em parceria com a empresa MVC Portuguese Limestones, representa “um gesto de apreço pela entrega abnegada dos nossos polícias no que fazem na defesa dos que mais precisam”, considerou o superintendente, Luís Carrilho, diretor nacional da PSP, presente na cerimónia.

escultura1 1

Onda de solidariedade nas Caldas por Duarte 

Uma onda solidária invadiu a cidade das Caldas da Rainha para ajudar a família do bebé caldense, Duarte, que foi diagnosticado com uma síndrome muito rara. Está em França (Marselha) a receber os cuidados de saúde necessários.
Em declarações ao JORNAL DAS CALDAS os pais “agradecem a ajuda da população” e disseram que o Duarte “está a melhorar, a ganhar peso e a caminho de reunir todas as condições para passar a próxima fase do tratamento, que é o transplante de medula”.

Duarte 3