Q

Previsão do tempo

12° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 15° C
12° C
  • Friday 13° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 15° C
12° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 14° C
  • Sunday 16° C

Detido em flagrante por violência doméstica

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um homem de 30 anos foi detido no concelho da Nazaré por violência doméstica, na sequência de uma denúncia a dar conta da situação e foi rapidamente acompanhada pelos militares do posto da GNR de Valado dos Frades, que presenciaram o agressor a proferir ameaças à vítima, sua companheira, de 30 anos, que sofreu ferimentos.

Um homem de 30 anos foi detido no concelho da Nazaré por violência doméstica, na sequência de uma denúncia a dar conta da situação e foi rapidamente acompanhada pelos militares do posto da GNR de Valado dos Frades, que presenciaram o agressor a proferir ameaças à vítima, sua companheira, de 30 anos, que sofreu ferimentos.

O caso passou-se no dia 7 de fevereiro e o suspeito foi detido em flagrante e presente ao Tribunal Judicial de Leiria no dia seguinte, onde lhe foram decretadas as medidas de coação de proibição de contatar por qualquer meio a vítima e de frequentar locais onde ela possa estar, com obrigação de afastamento de 500 metros.

A GNR lembra que a violência doméstica “é um crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva”.  Tem realizado regularmente campanhas e ações de sensibilização sobre o tema e sublinha que quem precisar de ajuda ou tiver conhecimento de algum caso de violência doméstica deve participar no Portal Queixa Eletrónica (https://queixaselectronicas.mai.gov.pt), via telefónica, através do número de telefone 112, ou no posto da GNR mais próximo.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Refugiados de África dormiram uma noite em receção de hotel

Um grupo de 31 cidadãos oriundos de vários países africanos e requerentes de proteção temporária internacional viveu na semana passada nas Caldas da Rainha momentos angustiantes, ao ponto de ter dormido uma noite na receção de um hotel, devido à falta de respostas da Agência para a Integração, Migrações e Asilo (AIMA), que desde o dia 29 de outubro de 2023 assegura as funções administrativas relacionadas com migrantes e asilo que eram missão do extinto Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

refugiados1