Q

Previsão do tempo

12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 11° C
12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 11° C
11° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 11° C

Ministra inaugurou lar de idosos do Nadadouro

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A ministra do Trabalho e Solidariedade Social, Ana Mendes Godinho, inaugurou oficialmente, a 30 de novembro, a Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI) do Centro Social do Nadadouro (CSN), mas haverá ainda uma outra cerimónia mais festiva para assinalar a abertura do novo lar.

A ministra do Trabalho e Solidariedade Social, Ana Mendes Godinho, inaugurou oficialmente, a 30 de novembro, a Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI) do Centro Social do Nadadouro (CSN), mas haverá ainda uma outra cerimónia mais festiva para assinalar a abertura do novo lar.

O novo equipamento era um sonho antigo da população, que vê agora a possibilidade de dar resposta na freguesia a uma grande necessidade de um lar.

O ERPI tem 30 camas (mais duas de recobro) e já havia mais interessados do que lugares disponíveis. Há 70 pessoas em lista de espera. “Nós já temos pré-inscrições há muitos anos” adiantou Alice Gesteiro, presidente da junta do Nadadouro. A intenção é começar a receber os idosos durante esta semana e estar a funcionar em pleno no final do mês.

Como faz parte do Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES) há a garantia de todos os utentes terem a garantia da comparticipação total de Segurança Social (atualmente 520 euros mensais por pessoa).

A obra custou mais de 1,5 milhões de euros e teve um apoio de cerca de 300 mil euros do programa PARES, embora grande parte dessa verba ainda não tenha sido entregue ao centro social. A Câmara das Caldas da Rainha contribuiu com 428 mil euros, assim como com 50% dos custos dos equipamentos para a cozinha e lavandaria.

“Este é um bom exemplo de como o Estado pode colaborar com a sociedade civil”, disse a ministra.

Ana Mendes Godinho aproveitou a ocasião para sublinhar que o setor social tem sido um dos grandes pilares deste governo, sendo que terá em 2024, pela primeira vez, um orçamento superior a dois mil milhões de euros.

Atualmente há 800 projetos em curso no país e no distrito de Leiria são 150 obras (em creches, lares e outras respostas sociais), num valor total de 100 milhões de euros.

O diretor do Centro Distrital da Segurança Social de Leiria, João Paulo Pedrosa, referiu que tudo o que a direção do CSN fez para conseguir que esta obra se realizasse, inclusive ultrapassar algumas questões burocráticas.

João Paulo Pedrosa recordou também que durante a pandemia da Covid-19 houve funcionários deste centro que foram socorrer outras instituições onde havia muitos infetados.

Um sonho realizado com a ajuda de todos

Alice Gesteiro, que é também presidente do centro social, contou que todo o complexo, que inclui o centro de dia e agora o lar, “nasceu de uma ideia há 20 anos” quando foi constituído oficialmente como uma Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS).

O centro de dia foi construído contando apenas com o apoio financeiro da Câmara das Caldas e “com o trabalho de muitos voluntários”, porque não conseguiram financiamento do Estado central.

Depois de realizada esta obra, a população começou a insistir para avançarem para a construção de um lar e foi essa a missão que agarraram. “Agora é um sonho realizado, apesar de todas as dificuldades. Até apanhámos a Covid pelo meio e atrasos por parte do construtor”, afirmou.

O presidente da Câmara das Caldas, Vitor Marques, deu os parabéns a Alice Gesteiro e à sua equipa por terem conseguido esta obra, depois de ultrapassadas tantas adversidades.

O autarca elogiou também as IPSSs pelo trabalho que realizam no concelho, dando resposta a várias necessidades da população.

Segunda “inauguração” irá ter uma festa

Alice Gesteiro foi surpreendida no 28 de novembro por um telefonema a anunciar que a governante iria proceder à inauguração da ERPI.

O episódio foi por ela contado na reunião da Assembleia Municipal que decorreu nessa noite, tendo a autarca explicado que não teve tempo para convidar todos os que gostaria de ter presentes.

Desse modo, haverá em breve uma outra cerimónia, mais alargada, e com uma festa para toda a população.

Na cerimónia, Alice Gesteiro elogiou a equipa de funcionários pela qualidade do serviço que prestam e acrescentou que são procurados por muitos utentes que ouvem falar do trabalho que ali é feito.

No centro de dia há 30 utentes e prestam ainda apoio domiciliário a 42 pessoas.

“Estes funcionários mereciam ser mais bem pagos e para isso também precisávamos de mais apoio” do Estado central. O quadro de pessoal aumentou por causa do lar, de 24 para 32, mas ainda vão ter de contratar mais pessoas. Os vencimentos representam mais de 50% do total dos custos.

Sobre esta questão, a ministra disse aos jornalistas que desde 2015 o governo aumentou em 44% o valor das comparticipações para o setor social e que isso também implica a valorização dos trabalhadores destas instituições.

No entanto, as comparticipações não aumentaram, em proporção, tanto quanto o ordenado mínimo nacional nos últimos anos. “Em 2009 o ordenado mínimo era 450 euros e manteve-se assim bastante tempo”, referiu Alice Gesteiro.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Colisão entre dois carros mata duas mulheres e fere outra

Mãe e filha morreram e outra mulher sofreu ferimentos ligeiros num choque frontal entre dois carros, na manhã deste domingo, na estrada onde se localiza a central fruteira Frutalvor, junto ao cruzamento para os Infantes, nas Caldas da Rainha.

acidente

Morre na via pública

Um homem de 69 anos, acometido de doença súbita, morreu nesta sexta-feira, cerca das oito da manhã, quando circulava na Rua Mestre Francisco Elias, nas Caldas da Rainha.

morto

XVII Jornadas de Cultura Espírita do Oeste

As Jornadas de Cultura Espírita do Oeste tiveram início em 2005, em Óbidos, indo já na sua XVII edição, agora no Centro Cultural e Congressos, nas Caldas da Rainha, nos dias 23 e 24 de março.

lucas