Q

Previsão do tempo

15° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 23° C
15° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 24° C
16° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 25° C

Gil Ferrão criou ligação artística entre o Skate Park e a aldeia de Cortém

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Terminou no Skate Park das Caldas da Rainha, na manhã de 10 de novembro, a residência artística do artista visual Gil Ferrão, que durante dois meses estabeleceu uma ligação entre aquele espaço e a aldeia de Cortém.

Terminou no Skate Park das Caldas da Rainha, na manhã de 10 de novembro, a residência artística do artista visual Gil Ferrão, que durante dois meses estabeleceu uma ligação entre aquele espaço e a aldeia de Cortém.

A residência artística, intitulada “Objectos Rolantes”, desenvolveu-se no âmbito do projeto CAU (Cortém Aldeia Urbana) e contou com a participação de alunos do 11º ano do curso de Artes da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, em coordenação com a professora Cecília Correia.

No dia 10, a estes estudantes juntaram-se outros colegas do curso de Ciências e Tecnologias para um último momento de co-criação com Gil Ferrão. “Quisemos mostrar a forma como trabalho com eles e que se pode fazer muito com pouco”, adiantou o artista ao JORNAL DAS CALDAS.

No espaço do Gabinete da Juventude esteve patente a exposição final do artista. Da mostra faziam parte objetos, vídeos e pinturas produzidas durante a residência, que teve como principal objetivo “construir uma ponte, uma rampa, um caminho, entre a aldeia de Cortém onde normalmente acontecem as residências artísticas do CAU, e o Skate Park da nossa cidade”, explicou Filipa Morgado, mentora do CAU.

Gil Ferrão utiliza objetos que se cruzam com ele no dia-a-dia e “esmiúça os seus mecanismos e desconstrói a sua natureza”. A responsável do CAU salienta ainda que “paralelamente ao salvamento dos objetos disfuncionais, percorre o mundo dos espaços desabitados dando-lhe uma nova vida e sentido”.

Os cilindros e as esferas foram os principais protagonistas deste laboratório, aos quais se juntaram as plataformas de equilíbrio, os guiadores e volantes. As criações, que se realizaram em workshops com crianças de várias idades, foram experimentadas nas rampas do Skate Park e nas grandes descidas da aldeia de Cortém. Na sua residência, Gil Ferrão quis abordar também as relações que se estabelecem ao brincar na rua e estar em espaços que foram criados para a fruição urbana, como é o caso do Skate Park das Caldas. Em Cortém encontrou alguns carrinhos de rolamentos e num almoço comunitário ouviu as histórias dos moradores sobre as corridas que se realizaram em tempos passados.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Filmes premiados nas Caldas em exibição nos aviões da TAP

A partir de junho, os passageiros que viajem de e para as Américas (Brasil, Estados Unidos, Canadá e Venezuela) e África (Luanda, Maputo e São Tomé) terão à sua disposição filmes nacionais selecionados entre os premiados da edição de 2023 do Festival Internacional de Cinema de Turismo ART&TUR, realizado em outubro nas Caldas da Rainha.

filmes

Tenistas caldenses arrecadam títulos regionais

Decorreram entre os dias 5 e 8 de abril os campeonatos regionais individuais dos escalões Sub14 e Sub18. Os atletas do Clube de Ténis das Caldas da Rainha / Felner Tennis Academy marcaram forte presença nestas provas e conquistaram diversos títulos.

titulos1