Q

Previsão do tempo

14° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 25° C
15° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 27° C
15° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 31° C

Presidente da Câmara sublinhou o orgulho que os caldenses devem ter no seu concelho

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
No final das cerimónias oficiais de celebração do Dia da Cidade, o presidente da Câmara das Caldas da Rainha dirigiu-se à população, num discurso no Largo da Rainha D. Leonor, antes da reabertura simbólica do Hospital Termal.

No final das cerimónias oficiais de celebração do Dia da Cidade, o presidente da Câmara das Caldas da Rainha dirigiu-se à população, num discurso no Largo da Rainha D. Leonor, antes da reabertura simbólica do Hospital Termal.

Ladeado por uma representação simbólica da Rainha e da sua guarda, Vitor Marques sublinhou que há muitas razões “para todos nos sentirmos orgulhosos por sermos caldenses”. Pediu também uma salva de palmas para todos os representantes das associações que fizeram questão de participar na homenagem à Rainha.

Recordando a memória da ligação histórica à saúde do concelho, o autarca referiu que se vivem momentos difíceis neste setor. “É preciso reivindicarmos melhorias em relação à saúde” e também não aceitar que se perca o Hospital das Caldas.

O presidente da Assembleia Municipal, Lalanda Ribeiro, falou sobre a história do 15 de Maio e da forma como esta tradição se tem mantido, apesar de já não ser o dia em que o Hospital Termal reabre as suas portas, como acontecia antigamente. O autarca destacou ainda o papel da Rainha e do seu legado, no apoio aos desfavorecidos, até pela criação das Misericórdias. “O Hospital Termal também tinha a função de uma Misericórdia no tempo da Rainha”, afirmou.

Depois da abertura de portas do Hospital Termal para a habitual visita da população, foi ainda inaugurada a exposição de ilustração científica da autoria de Marco Correia, com o título de “Da Natureza para o Papel II”.

Segundo o autor, a mostra apresenta uma série de trabalhos realizados em locais como o Paul de Tornada, Arquipélago das Berlengas e Foz do Rio Sisandro (Torres Vedras). Há ilustrações de peixes, aves e outros animais.

Os desenhos apresentados são reproduções dos originais, que na sua maioria são feitos em aguarela. “São reproduções quase iguais ao original do ponto de vista cromático, com algumas adaptações na escala”, explicou o ilustrador.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Candidata da Iniciativa Liberal em piquenique no Parque D. Carlos I

Ana Martins, candidata da Iniciativa Liberal (IL) às eleições europeias, participou num piquenique no Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha, onde manifestou que o país “podia ter feito muito mais com os fundos europeus que recebeu”.

Iniciativa Liberal 1

Composição de dança ganhou o 1º prémio do “Toma Lá Talento”

Martim Codinha, aluno no Colégio Rainha D. Leonor, conquistou o 1º lugar na final concelhia do concurso "Toma Lá Talento” com uma composição de dança.
O 2º lugar foi para Martim Marques, da Escola Secundária Rafael Bordalo, no domínio da guitarra.
A 3ª classificação foi para a dupla Marie e Anne, também da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, com cântico e guitarra.

talento 1