Q

Previsão do tempo

18° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
18° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 21° C
19° C
  • Sunday 26° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 23° C

João Almeida ganha etapa no Giro d’Italia e está em 2º lugar

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
João Almeida (UAE Team Emirates) venceu a 16ª etapa do Giro d’Italia, nesta terça-feira, e passou do quarto para o segundo lugar da prova. “Estou muito feliz, é um sonho tornado realidade. Depois de quatro anos em que estive tão perto e tão longe ao mesmo tempo, consegui finalmente e estou muito feliz. Não tenho palavras para descrever”, comentou o ciclista caldense após ganhar ao sprint frente ao novo líder, o britânico Geraint Thomas (Ineos Grenadiers), de quem está apenas a 18 segundos de distância.
O ciclista caldense na vitória ao sprint

João Almeida (UAE Team Emirates) venceu a 16ª etapa do Giro d’Italia, nesta terça-feira, e passou do quarto para o segundo lugar da prova. “Estou muito feliz, é um sonho tornado realidade. Depois de quatro anos em que estive tão perto e tão longe ao mesmo tempo, consegui finalmente e estou muito feliz. Não tenho palavras para descrever”, comentou o ciclista caldense após ganhar ao sprint frente ao novo líder, o britânico Geraint Thomas (Ineos Grenadiers), de quem está apenas a 18 segundos de distância.

Aos 24 anos, o corredor das Caldas da Rainha não só venceu uma etapa de uma das competições velocipédicas mais prestigiadas do mundo, como confirmou que está a lutar pela vitória final, o que seria um feito histórico para Portugal.

Para já tornou-se no terceiro português a vencer uma etapa no Giro d’Italia, depois de Acácio da Silva (venceu duas etapas em 1985, duas em 1986 e uma em 1989) e Rúben Guerreiro (venceu uma etapa em 2020).

“Foi um dia muito difícil, talvez o mais difícil até agora. No final, sentia-me bem e arrisquei. Se não arriscares nunca vais saber. Eu arrisquei e consegui. Eu quero sempre mais. Se me sentir bem, vou atacar e se não atacar é porque não me estou a sentir bem, mas vou dar sempre tudo até ao fim”, referiu o atleta de A-dos-Francos, que manteve a camisola branca, representativa da liderança da classificação da juventude, com 3 minutos e 12 segundos de vantagem sobre o mais direto perseguidor, o dinamarquês Andreas Leknessund (Team DSM).

Foi cumprida a ligação entre Sabbio Chiese e Monte Bondone, ao longo de 203 quilómetros, e o caldense atacou a 5,8 quilómetros da chegada. Bateu-se numa corrida a dois com Geraint Thomas nos últimos três quilómetros, tendo conseguido impor-se no sprint final e terminado a etapa em 5 horas, 53 minutos e 27 segundos. Em terceiro ficou o esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma), a 25 segundos, que continua terceiro da geral, agora a 11 segundos de João Almeida. O francês Bruno Armirail (Groupama-FDJ), que liderava a prova, caiu para a sétima posição.

Por equipas, a UAE Team Emirates passou do sétimo posto (a 39 minutos e 34 segundos do primeiro lugar) para o quarto lugar (a 49 minutos e 3 segundos da liderança). A Bahrain-Victorious continua no topo, seguida da Ineos Grenadiers (a 32 minutos e 31 segundos) e da Jumbo-Visma (a 40 minutos e 26 segundos).

A prova termina no domingo, quando estiverem realizadas 21 etapas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados