Q

Previsão do tempo

14° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 18° C
  • Friday 21° C
14° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C
14° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 23° C

Exposição de escultura e pintura no novo Espaço Leonel Miranda

Os artistas Cidália Cardoso e Viriato Silveira

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Uma exposição de escultura e pintura, de Viriato Silveira e Cidália Cardoso, foi inaugurada no dia 19 de maio, no novo Espaço Leonel Miranda, no Largo Frederico Ferreira Pinto Basto, nº2 (Bairro da Ponte), nas Caldas da Rainha.

Uma exposição de escultura e pintura, de Viriato Silveira e Cidália Cardoso, foi inaugurada no dia 19 de maio, no novo Espaço Leonel Miranda, no Largo Frederico Ferreira Pinto Basto, nº2 (Bairro da Ponte), nas Caldas da Rainha.

Trata-se de uma casa que abre portas à memória do caldense Leonel Miranda, do Bairro da Ponte, que faleceu há 30 anos.

O espaço foi cedido por dois anos à União de Freguesias de Santo Onofre e Serra do Bouro pela proprietária do edifício, Teresa Miranda e mãe de Leonel Miranda, com o intuito de ser um pequeno centro cultural.

É um projeto de Nuno Santos, presidente da União de Freguesias, que depois de várias solicitações de artistas a pedirem para expor decidiu criar um local na freguesia que promovesse a arte e a cultura. “Queremos que seja um local aberto à comunidade e que ganhe vida e dinâmica à volta de eventos e da cultura”, disse o autarca.

“É um espaço que está disponível para todos, quer para quem queira fazer um evento, expor ou apresentar um livro”, adiantou Nuno Santos.

A primeira iniciativa foi a exposição coletiva de escultura do artista Viriato Silveira e de pintura de Cidália Cardoso, que estará patente até 4 de junho.

Esculturas de Viriato Silveira

Viriato Silveira nasceu em Dili – Timor a 26 de abril de 1938 e é licenciado em Artes Plásticas – Escultura, pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. Lecionou artes plásticas de 1968 a 1998.

Residente na freguesia de Santo Onofre, o artista tem exposto doze esculturas, cada uma com um tema diferente. Viriato Silveira lamenta nunca ter sido convidado a expor no Centro de Artes de Caldas da Rainha. “Uma terra considerada a Capital da Cultura não dá oportunidade aos artistas”, salientou, revelando que o escultor António Duarte, que tem o Atelier-Museu no Centro de Artes, foi o seu mestre.

exposicao 2

Teresa Miranda com Nuno Santos

Diz que foram os artistas António Duarte, João Fragoso e Concas (Maria da Conceição Nunes) que o inspiraram e fizeram com que viesse viver para as Caldas. “Quinze anos a viver nesta cidade nunca fiz uma exposição no Centro de Artes”, adiantou. Quando o presidente da União de Freguesias o convidou a mostrar ao público as suas esculturas no Espaço Leonel Miranda aceitou com muito agrado, dado que as exposições que fez nas Caldas foram em espaços que ele próprio alugou.

O artista recebeu vários prémios de pintura e escultura em Moçambique e de fotografia e projeto pedagógico em Portugal. Foi comissário: da “Bienal Internacional de Arte Jovem de Vila Verde” e do “I Simpósio de Escultura de Vila Verde”. Fez várias exposições em Portugal e no estrangeiro. Tem pinturas e esculturas em espaços públicos e em edifícios oficiais e particulares.

Pinturas de Cidália Cardoso

Cidália Cardoso diz que ficou muito honrada por expor num espaço de homenagem ao filho de Teresa Miranda, que é uma pessoa que conhece e admira. Tem na exposição 17 quadros de arte abstrata.

Natural do concelho de Rio Maior, reside atualmente em Caldas da Rainha. Licenciada em Artes Plásticas – Pintura pela Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha, iniciou-se como autodidata e realizou várias exposições, sendo ainda nesta fase responsável pela Galeria Municipal de Rio Maior.

Para além das artes exerce funções no Ministério da Justiça, nomeadamente na área dos registos e notariado.

A mostra pode ser visitada nos dias úteis das 14h30 às 19h e aos sábados e domingos das 15h às 18h.

A próxima exposição será de pintura de um arista francês que reside na Serra do Bouro.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Caminhada angariou 3900 euros para Liga Portuguesa Contra o Cancro

A caminhada realizada a 19 de maio, nas Caldas da Rainha, no âmbito da iniciativa do Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro “Corrida Pela Investigação”, angariou 3900 euros para bolsas de investigação científica na área da oncologia.

caminhadaLPC1

População unida num “abraço” para a reabertura da Escola do Coto

O fecho da Escola Primária do Coto no final do ano letivo 2022/2023 “por falta de condições de segurança”, que na altura surpreendeu os pais e alunos, levou no dia 15 de maio dezenas de pessoas a protestarem junto ao estabelecimento de ensino para exigirem o arranque das obras de requalificação e a sua reabertura o mais breve possível.

Escola 1