Q

Previsão do tempo

13° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 21° C
14° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 22° C
14° C
  • Tuesday 23° C
  • Wednesday 24° C
  • Thursday 24° C

Recriação Histórica e Mercado Setecentista

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Município do Cadaval leva a cabo, no dia 21 de maio, entre as 10h00 e as 19h00, junto à Mata dos Castanheiros (Serra de Montejunto), a realização do Mercado Setecentista, um complemento à Recriação Histórica da Real Fábrica do Gelo, que ocorrerá pelas 15h00.
Os séculos XVIII e XIX vão ser recriados no Montejunto (foto José António)

O Município do Cadaval leva a cabo, no dia 21 de maio, entre as 10h00 e as 19h00, junto à Mata dos Castanheiros (Serra de Montejunto), a realização do Mercado Setecentista, um complemento à Recriação Histórica da Real Fábrica do Gelo, que ocorrerá pelas 15h00.

Pretende-se recriar o ambiente setecentista na envolvente deste monumento nacional, permitindo uma experiência mais completa aos visitantes, ao mesmo tempo que possibilita aos artesãos e produtores locais venderem os seus produtos.

José Bernardo Nunes, presidente da Câmara do Cadaval, recorda que a Real Fábrica do Gelo “era o local onde se produzia gelo para ser transportado para a corte em Lisboa, tendo funcionado até 1895”.

“Depois, com o aparecimento dos frigoríficos deixou de haver necessidade”, indicou, sublinhando que na altura “o gelo era um bem escasso e caro”.

“Durante a noite era colocada nos tanques uma quantidade de água e com os invernos muito mais rigorosos que não existem agora, e por estar numa zona de microclima, a água gelava. Eram feitos cortes em blocos e o gelo era armazenado em poços e seguia depois para a Lisboa, descia a serra no dorso dos animais e em carroças e carros de bois seguia para a vala do Carregado e de seguida de barco para Lisboa”, descreveu.

O Café do Gelo e o Martinho da Arcada, tradicionais cafés de Lisboa, eram fornecidos com este gelo, que “não só era usado para fins lúdicos para refrescar bebidas, como também para fins medicinais”.

Julga-se que uma parte dos poços de gelo “terá sido destruída nos anos 50 com a construção do quartel da base área do Montejunto”.

Segundo o presidente da junta, “temos tido um grande investimento na recuperação daquele espaço”, perto da Mata dos Castanheiros, parque de merendas, do centro de interpretação ambiental e do parque de campismo, e que constitui um ponto turístico de maior atração do concelho, daí a razão deste evento no dia 21.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Tentou enganar polícias com identificação falsa

Um homem de 39 anos que apresentou o documento de identificação de outra pessoa quando foi abordado pela PSP na esplanada de um estabelecimento de restauração na Nazaré, foi detido na passada sexta-feira, pelas 17h50, para cumprimento de pena de quatro anos e quatro meses de prisão efetiva pelo crime de tráfico de droga.

psp1

Bombeiros apagaram chamas na antiga empresa Hortas

As instalações da antiga empresa Hortas, na Quinta da Cutileira, nas Caldas da Rainha, continuam a ser invadidas e alvo de pequenos focos de incêndio que preocupam os moradores na área envolvente.

hortas