Q

Previsão do tempo

19° C
  • Saturday 24° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 27° C
19° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 28° C
19° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 32° C

Óbidos Vila Gaming atraiu um novo público para a região

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O “Óbidos Vila Gaming”, que decorreu de 4 a 7 de maio, provou ser mais uma aposta ganha do município, com milhares de fãs de jogos virtuais, oriundos de todo o país, a poderem aproveitar vários espaços dedicados ao que de melhor existe nesta área.

O “Óbidos Vila Gaming”, que decorreu de 4 a 7 de maio, provou ser mais uma aposta ganha do município, com milhares de fãs de jogos virtuais, oriundos de todo o país, a poderem aproveitar vários espaços dedicados ao que de melhor existe nesta área.

De acordo com a autarquia, cerca de 20 mil pessoas estiveram no evento, naquela que consideram ser a primeira vila de videojogos do mundo. Puderam ser experimentados os jogos mais recentes, em PC’s topo de gama ou em consolas, mas também havia uma tenda dedicada aos “retrogames” (mais antigos) e arcadas.

Todas as tendas montadas para o efeito, em vários locais de Óbidos e em especial na Cerca do Castelo, estiveram sempre repletas de pessoas (faltando apenas uma maior gestão, por parte da organização, do tempo de utilização dos cerca de 200 postos existentes) e houve sempre filas para experimentar a Realidade Virtual.

“Para um público habituado a que este género de eventos decorra em grandes pavilhões, foi positivamente surpreendente existirem áreas dedicadas em espaços distintos, distribuídos pela vila de Óbidos, com diversas áreas temáticas diferentes e elementos cenográficos alusivos”, comentou Ricardo Duque, administrador da empresa municipal Óbidos Criativa.

Os torneios realizados durante o evento tiveram também muita participação de público, que pôde assistir ao vivo verdadeiros combates virtuais das melhores equipas nacionais. Estes jogos foram transmitidos em direto pela RTP Arena.

O programa foi abrangente e teve como objetivo ter ofertas para os “gamers” e para as suas famílias, mas também para os profissionais desta indústria, que, a nível mundial, movimenta mais dinheiro que a do cinema e a da música juntas.

Ricardo Duque salientou que as áreas de atração não foram apenas videojogos. “O evento destacou-se também pela componente letiva e profissional, garantindo também aos alunos, professores e profissionais da área uma oferta formativa onde as ‘talks’ no Parque Tecnológico estiveram praticamente sempre com a lotação máxima, contando com a participação de várias universidades”, adiantou.

Na Praça da Criatividade em Óbidos (Tech Lab), tiveram lugar vários workshops e demonstrações, através dos vários projetos de robótica de tecnologia presentes, como o “RO-Bot, o “Rover Óbidos!”, “3D Lab”, “Radio T-Hunting” e “Robô Lab” (desenvolvidos no Parque Tecnológico e no espaço “My Machine”).

Um dos maiores sucessos da iniciativa foi a presença do youtuber RicFazeres, o qual esteve, no sábado à tarde, mais de duas horas sem parar a assinar autógrafos. Ricardo Fazeres criou o seu canal de Youtube em 2012 e é um dos produtores de conteúdos mais famosos de Portugal.

Com mais de um milhão de seguidores, começou por fazer vídeos focados em jogos virtuais, mas também já fez outros géneros de conteúdos. Também já publicou um livro, dedicado especialmente aos mais novos.

Ao JORNAL DAS CALDAS, Ricardo Fazeres revelou estar muito contente por participar num evento desta dimensão numa vila como Óbidos. “Fiquei surpreendido por ter tanta gente aqui para me ver”, afirmou. Fã de videojogos, RicFazeres acabou por não ter tempo para apreciar melhor toda a oferta disponível nos vários espaços, tal foram as solicitações para dar autógrafos, tirar fotografias ou apenas conversar um pouco.

Das Caldas da Rainha, participou também um dos principais tiktokers nacionais, Salvador Galeão. Com mais de 400 mil seguidores no Tik Tok, o influenciador participou na sessão de autógrafos programada e fez questão de voltar no dia seguinte para poder experienciar tudo o pôde.

Um dos pontos altos do evento foi o “Drone Light Show” – dois espetáculos em que 100 drones subiram a cerca de 100 metros de altura e retrataram jogos e figuras do mundo dos videojogos, reconhecidas por todos.

“Uma coreografia precisa e original que não foi só contemplada de perto, mas também de vários quilómetros de distância”, referiu Ricardo Duque.

Os espetáculos decorreram a 5 e 6 de maio, integrados nas “Skylight Party”, duas festas que contaram com vários artistas: “ED Please”, “Smells Like 90’s”, “BradA” e “Kevu”.

“Pelos números e pelo entusiasmo, esta foi, sem dúvida, uma aposta ganha”, disse o presidente da Câmara de Óbidos, Filipe Daniel.

O autarca considera que este evento trouxe “uma nova energia e uma nova dinâmica, mas, acima de tudo, um público diferente daquilo que temos noutros eventos de igual dimensão”.

Na sua opinião, “este movimento de gamers e de influencers acaba por ter uma expressão muito grande”, sendo, por isso, “muito importante para aquilo que queremos para o nosso território”.

Segundo Ricardo Duque, “o balanço desta primeira edição foi muito positivo”, até porque contribuiu uma vez mais para a quebra da sazonalidade, aumentando o número de dormidas e de refeições da região na época baixa.

“Uma das grandes diferenças é o público alvo, diferente do que é habitual nos outros eventos, mas de igual dimensão, com outros interesses e para o qual se comunica por outros canais, maioritariamente pelo digital”, sublinhou.

Apesar de estar previsto que se realizasse de dois em dois anos, o sucesso da iniciativa poderá fazer com que seja anual. Ricardo Duque entende também que devem aumentar o número de dias e integrar os institutos formativos, para que o evento “se assuma como um catalisador de conhecimento, uma janela de oportunidade para o networking e ajude a esclarecer a orientação profissional dos jovens estudantes”.

A Óbidos Vila Gaming pretende ser um evento com grande disponibilidade para a prescrição de marcas, produtos e serviços que ficarão associados à experiência vivida na maior Vila Gaming do mundo.

Na sua produção estiveram envolvidas cerca de 500 pessoas, desde as equipas de jogadores convidados, aos oradores e formadores, projetos parceiros presentes no evento, staff e organização. “Um destaque para os cerca de 100 embaixadores, que foram os grandes difusores de comunicação na comunidade gaming local. Parte deles pertence à organização ‘Impulse Gaming’, fundada em 2020 e que é um dos projetos integrados no Espaço Ó”, revelou o administrador da Óbidos Criativa.

Para a organização, a Óbidos Criativa recorreu ao “know-how” da E2Tech – Eventos e Entretenimento Tecnológico, uma empresa pioneira no mercado português na realização de eventos de “gaming”. O município investiu cerca de 250 mil euros.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Mercado Medieval aposta na animação

Mais de 40 grupos de música medieval, teatro imersivo, animação histórica, palestras e muita gastronomia marcam uma nova edição do Mercado Medieval de Óbidos, que este ano, com o tema “Entre Rosas e Espinhos”, arranca no dia 18 de julho, decorrendo ao longo de dez dias.

Mercado

Filomena Oliveira vence no Nacional de Natação Adaptada

O Clube Óbidos Criativa marcou presença pela primeira vez no Campeonato Nacional de Verão de Natação Adaptada, onde a nadadora Filomena Oliveira conquistou o 1º lugar nos 50 metros costas, Classe S110 - Seniores, com um tempo de 1:39.53.

Filomena

Bordado de Óbidos em exposição com 500 peças

Cerca de 500 peças de bordados e tapeçarias, produzidas por mais de 50 artesãos do concelho de Óbidos, dão vida à exposição  “Linhas com histórias que guardam memórias - Bordado de Óbidos”, patente até 1 de setembro, no Museu Abílio de Mattos e Silva.

bordados