Q

Previsão do tempo

17° C
  • Saturday 18° C
  • Sunday 26° C
  • Monday 26° C
17° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 26° C
  • Monday 26° C
17° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 29° C
  • Monday 28° C

CRAPAA comemorou 22 anos com Dia Aberto e muitos mimos para os animais

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Para comemorar o seu 22º aniversário a CRAPAA (Caldas da Rainha Associação Protetora de Animais Abandonados) realizou um dia aberto, a 16 de abril, no seu canil, em São Cristóvão.

Para comemorar o seu 22º aniversário a CRAPAA (Caldas da Rainha Associação Protetora de Animais Abandonados) realizou um dia aberto, a 16 de abril, no seu canil, em São Cristóvão.

Foi um dia em que os cães receberam muitos mimos de todas as pessoas que participaram e que fizeram questão de percorrer cada uma das “boxes” onde estes estão.

A associação tem uma nova presidente, Milene Francisco, eleita o mês passado, mas que já é voluntária há 12 anos. Formada na ESAD.CR aos 22 anos, manteve-se a trabalhar nas Caldas e começou a fazer voluntariado na CRAPAA.

Milene Francisco destacou a grande evolução que houve nos últimos anos na associação. “Se formos ver as fotografias do que havia há 12 anos e as de agora, há uma diferença abismal”, referiu. “Quando comecei o voluntariado ainda havia cães presos a correntes e o principal objetivo foi a de proporcionar a todos uma ‘box’, onde pudessem andar livremente”, contou. Todos os dias os cães são soltos para poderem correr à vontade no espaço do abrigo.

No total têm agora 21 “boxes” para cerca de 40 cães e estão ainda mais alguns animais em famílias de acolhimento temporário. Apesar de terem bastantes voluntários, a CRAPAA precisa de mais pessoas a colaborar para que possam estar mais disponíveis para todo o trabalho exigido no canil, na recolha de animais e nas redes sociais.

Com o apoio da Câmara Municipal, tem vindo a ser construída uma nova estrutura de apoio para os voluntários, que servirá de armazém, escritório e enfermaria. A CRAPAA precisa agora de voluntários, principalmente de mão-de-obra especializada, para colocar o chão, fazer a instalação elétrica e finalizar o interior das divisões.

No entanto, a associação continua com o grande objetivo de construir canis de uma forma estruturada e com melhores condições para os animais. Existe um projeto elaborado por um arquitecto, com um custo na ordem dos 200 mil euros, para o qual havia uma promessa de apoio por parte do município. O processo ficou adiado por causa da pandemia e foi dada prioridade à construção do armazém. “Agora queremos voltar a esse projeto”, adiantou Milene Francisco.

A festa contou com várias atividades lúdicas e bancas com diversos artigos para venda, cuja receita reverteu para a associação. Houve ainda dois bolos de aniversário, um para os humanos e outro para os cães.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Despiste de carro contra poste de eletricidade mata condutor

Um homem de 49 anos morreu na manhã da passada sexta-feira na sequência do despiste da viatura ligeira que conduzia contra um poste de eletricidade na Rua das Arroteias, entre a povoação de Espinheira e a variante da Foz do Arelho, no concelho das Caldas da Rainha.

despiste1

Câmara vai avançar com requalificação da entrada norte da cidade

A Câmara das Caldas da Rainha quer colocar em prática o Plano de Mobilidade Urbana Sustentável das Caldas da Rainha (PMUS Caldas da Rainha) que foi desenvolvido entre 2018 e 2019 pela MPT, empresa de planeamento e gestão da mobilidade.

“Estudámos o plano e ressuscitámo-lo e agora sentimos a necessidade de revê-lo e atualizá-lo à realidade atual das Caldas da Rainha pela necessidade que temos de “reforçar o papel dos parques de estacionamento para dissuasão do estacionamento na via pública”, anunciou o vice-presidente da autarquia, Joaquim Beato.

mobilidade