Q

Previsão do tempo

13° C
  • Saturday 18° C
  • Sunday 18° C
  • Monday 17° C
13° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 18° C
  • Monday 17° C
13° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 18° C

Simulacro de incêndio no Edifício dos Produtos Regionais

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Edifício dos Produtos Regionais da Câmara Municipal de Caldas da Rainha, situado junto ao Mercado do Peixe, foi palco de uma simulação de incêndio, na tarde do passado dia 16, para testar o treino operacional conjunto dos agentes de proteção civil.
Foi simulada a existência de uma vítima

O Edifício dos Produtos Regionais da Câmara Municipal de Caldas da Rainha, situado junto ao Mercado do Peixe, foi palco de uma simulação de incêndio, na tarde do passado dia 16, para testar o treino operacional conjunto dos agentes de proteção civil.

A ação envolveu os Bombeiros Voluntários, com a presença de elementos do corpo ativo e do comando, a PSP, o Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) e os próprios colaboradores que trabalham naquele edifício, que foram confrontados com uma situação de fogo que levou à evacuação do prédio.

Nessa saída para o exterior um colaborador acabaria por ficar barrado pelo fumo no segundo piso e teve de ser retirado pelos bombeiros com recurso à autoescada. Após o resgate, devido à inalação de fumos, foi assistido e transportado ao hospital. Este foi o cenário criado para verificar os procedimentos dos próprios colaboradores no âmbito das medidas de autoproteção constantes do plano de emergência.

De acordo com Gui Caldas, coordenador do SMPC das Caldas da Rainha, os colaboradores municipais “tiveram formação sobre a utilização de extintor de incêndios, primeiros socorros e procedimentos de evacuação”.

Segundo este responsável, o simulacro permitiu “identificar alguns constrangimentos e corrigi-los para que numa ação real não aconteçam”.

Na continuidade das celebrações do Mês da Proteção Civil, na tarde de 18 de março o SMPC promoveu o simulacro de um resgate em falésia na Foz do Arelho, após queda de um cidadão que estava com a esposa a tirar fotografias, onde foram empenhados 22 elementos apoiados por seis veículos terrestres (um grupo de salvamento em grande ângulo dos Bombeiros e uma ambulância de socorro, uma viatura da GNR e outro da Polícia Marítima), um veículo aéreo não tripulado (drone) de reconhecimento e avaliação da situação e uma embarcação salva-vidas.

De acordo com o SMPC, “o exercício foi bastante proveitoso, realçando-se a coordenação entre as várias entidades envolvidas”, nomeadamente os Bombeiros, INEM, Autoridade Marítima Nacional, GNR e Proteção Civil.

“Os exercícios desenvolvidos no âmbito constituem uma mais-valia para os agentes de proteção civil, dando a oportunidade de exercitar o planeamento e a condução de uma operação conjunta, na resposta a situações de acidente grave e/ou catástrofe, tornando-a cada vez mais rápida, eficaz e eficiente, em prol de toda a população do concelho”, vincou o SMPC.

O Exercício CALDEX’23 está dividido em três cenários distintos de modo a privilegiar o treino de determinadas valências e abordagens específicas. O último simulacro acontecerá no dia 30 de março, às 11h, na Escola D. João II das Caldas da Rainha, onde será encenado o caso de um atacante ativo, armado, que fará reféns. A iniciativa contará com o envolvimento da comunidade escolar.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Detido por tentar matar com caçadeira

A Polícia Judiciária deteve no passado dia 14, nas Caldas da Rainha, um homem de 27 anos, “fortemente indiciado pelos crimes de homicídio na forma tentada, posse de arma proibida e dano”.

cacadeira

Chef da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste é finalista nos Prémios AHRESP

José Carlos Santos, profissional da área da padaria há 38 anos na sua empresa Padaria Dias (Covilhã) e que integra a equipa técnica do Curso de Padaria Avançada da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO), em Caldas da Rainha, está selecionado como finalista na categoria de Profissional do Ano nos Prémios AHRESP.

padaria