Q

Previsão do tempo

15° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 18° C
  • Friday 21° C
15° C
  • Wednesday 16° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C
15° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 23° C

Poesia no Teatro

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Teatro da Rainha apresenta no Dia Mundial da Poesia, 21 de março, pelas 21h30, a terceira sessão de Diga 33 – Poesia noTeatro, que terá lugar no pequeno auditório do Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha. Nesta sessão assistir-se-á quase em primeira mão a “Editor Contra”, documentário sobre o editor Fernando […]

O Teatro da Rainha apresenta no Dia Mundial da Poesia, 21 de março, pelas 21h30, a terceira sessão de Diga 33 – Poesia no
Teatro, que terá lugar no pequeno auditório do Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

Nesta sessão assistir-se-á quase em primeira mão a “Editor Contra”, documentário sobre o editor Fernando Ribeiro de Mello,
realizado por Luís Alvarães a partir do livro homónimo de Pedro Piedade Marques, com quem se conversará.

Fernando Ribeiro de Mello (1941-1992) foi, com as suas Edições Afrodite, o editor maldito por excelência na última década do
Estado Novo. Editor contra antes e depois de Abril, nasceu no Porto, descendo à capital para causar escândalo com um recital
intitulado “O Teste”: o valor dos poemas era calculado mediante a duração dos aplausos devidamente cronometrados.

Fundou as Edições Afrodite publicando obras polémicas, proibidas, promovendo apresentações escandalosas e sensacionais.
Com ele colaboraram, entre tantos outros, Natália Correia, Luiz Pacheco, Ernesto Sampaio, Aníbal Fernandes, Luiza Neto
Jorge, Manuel João Gomes, Ernesto Melo e Castro.

Pedro Piedade Marques nasceu em Luanda em 1971. Licenciado em História da Arte pela Faculdade de Letras da
Universidade do Porto, é designer gráfico, tradutor, editor nos projectos Livros de Areia e Montag. Comissariou exposições
dedicadas às Edições Afrodite de Fernando Ribeiro de Mello e à obra gráfica e pictórica de João Abel Manta. Colaborou com
Luís Alvarães na produção do filme “Editor Contra” (anteestreado em Lisboa, na Cinemateca Portuguesa, a 24 de novembro de
2022).

Luís Alvarães nasceu em Castelo Branco no ano de 1961. Produtor, realizador e argumentista, concluiu, em 1986, o
bacharelato em cinema, na área de montagem, na Escola Superior de Teatro e Cinema. Em 1992 fundou, com Fernando
Vendrell, a empresa de produção David & Golias. No documentário “Editor Contra” relembra a vida de Fernando Ribeiro de
Mello.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Caminhada angariou 3900 euros para Liga Portuguesa Contra o Cancro

A caminhada realizada a 19 de maio, nas Caldas da Rainha, no âmbito da iniciativa do Núcleo Regional do Sul da Liga Portuguesa Contra o Cancro “Corrida Pela Investigação”, angariou 3900 euros para bolsas de investigação científica na área da oncologia.

caminhadaLPC1

População unida num “abraço” para a reabertura da Escola do Coto

O fecho da Escola Primária do Coto no final do ano letivo 2022/2023 “por falta de condições de segurança”, que na altura surpreendeu os pais e alunos, levou no dia 15 de maio dezenas de pessoas a protestarem junto ao estabelecimento de ensino para exigirem o arranque das obras de requalificação e a sua reabertura o mais breve possível.

Escola 1