Q

Previsão do tempo

23° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 23° C
23° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 23° C
23° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 25° C

Simpósio sobre saúde mental

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“Uma das minhas missões, enquanto presidente da Câmara Municipal, é fazer de Óbidos um território onde impera a felicidade”. Foi desta forma que Filipe Daniel falou de um dos seus grandes objetivos para o concelho, na abertura do I Simpósio do Município de Óbidos, ‘A Saúde Mental que futuro?’, que se realizou no passado dia […]
Evento do Rotary Club das Caldas da Rainha

“Uma das minhas missões, enquanto presidente da Câmara Municipal, é fazer de Óbidos um território onde impera a felicidade”. Foi desta forma que Filipe Daniel falou de um dos seus grandes objetivos para o concelho, na abertura do I Simpósio do Município de Óbidos, ‘A Saúde Mental que futuro?’, que se realizou no passado dia 4 e que encheu por completo o Auditório Municipal da Casa da Música.

O autarca, que fez parte da mesa de honra deste Simpósio, afirmou que a sociedade “tem que se reinventar e tem que se reunir para lidar com este problema” da saúde mental, mas, para tal, tem que “o conhecer e que o diagnosticar”.

No que diz respeito a Óbidos, Filipe Daniel destacou o trabalho que está a ser feito do ponto de vista político, nomeadamente com o programa Óbidos +Ativo, “com todas as atividades a ele associadas, envolvendo grande parte da população”.

Margarida Reis, vereadora com os pelouros da Saúde e Bem-Estar, destacou o programa Óbidos +Ativo como um instrumento que ajuda a população obidense a ter uma melhor saúde mental. “Temos psicólogos nas escolas, temos uma psicóloga que dá consultas gratuitas para os munícipes e para as famílias, inaugurámos há dias mais uma valência do Espaço F(elicidade), com a sala Incluir pela Arte, e temos trabalhado os afetos com a nossa população”, disse a autarca.

Sérgio Viana, da Ordem dos Psicólogos, elogiou a organização deste Simpósio, organizado pelo serviço de Psicologia do Município. “Óbidos tem particularidades que admiro e, ao mesmo tempo, tem políticas de promoção de saúde e de bem estar”, disse, acrescentando que “em Portugal, pensamos muito pouco na prevenção”. O psicólogo sublinhou a importância dos cuidados de saúde primários, uma vez que “é neste contexto que podemos identificar os primeiros sinais de alerta de alguém em sofrimento e prevenir, inclusivamente com a referenciação para profissionais de saúde mental, situações delicadas com consequências mais graves”.

João Gomes, administrador do Agrupamento de Centros de Saúde Oeste Norte, garantiu que, neste momento, “a saúde mental é um tema quente” devido, por exemplo, à Covid-19, às crises financeiras e à guerra. “Quando olhamos para os números da doença mental, só podemos pensar em trabalhar em conjunto”, disse o responsável.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Estudantes visitam Paul de Tornada

A Associação PATO recebeu duas turmas da Escola Secundária Raul Proença, que realizaram um conjunto de atividades de voluntariado, explorando a Reserva Natural do Paul de Tornada numa visita guiada, contribuíram para o nascimento de um jardim sensorial e efetuaram ainda uma monitorização ambiental na Lagoa de Óbidos com o Projeto Coastwatch, recolhendo muito lixo marinho.

pato

Jovens portugueses e finlandeses em intercâmbio

Entre os dias 1 e 8 de abril, a Associação Juvenil de Peniche foi palco de um intercâmbio sob a temática da arte e sustentabilidade. O evento recebeu a participação de doze jovens, de Portugal e Finlândia, com idades entre os 15 e os 25 anos.

intercambio

Curso Avançado de Produção de Microalgas e Cultivos Auxiliares

O MARE - Politécnico de Leiria e a Escola Superior de Turismo e Tecnologias do Mar, em Peniche, vão promover uma nova edição do Curso Avançado de Produção de Microalgas e Cultivos Auxiliares, que pretende dar a conhecer as espécies de microalgas cultivadas em laboratório, métodos de cultivo, potencialidades como recursos marinhos, sistemas de produção, e os cultivos auxiliares que beneficiam e cujo valor nutricional pode ser modelado através da alimentação com microalgas. As inscrições estão abertas até dia 27 de maio.