Q

Previsão do tempo

18° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 21° C
18° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 21° C
19° C
  • Sunday 26° C
  • Monday 26° C
  • Tuesday 23° C

Documentário de cineasta caldense na RTP2

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Depois de uma antestreia efetuada no Centro Cultural de Belém, o documentário realizado pelo caldense Miguel Costa, intitulado “José Medeiros Ferreira - Um pensamento cintilante”, vai estrear no dia 16 de março, às 23h, na RTP2.
Tortura do sono, com os atores Ávila da Costa, Rafael Ligeiro e Filipe Zava

Depois de uma antestreia efetuada no Centro Cultural de Belém, o documentário realizado pelo caldense Miguel Costa, intitulado “José Medeiros Ferreira – Um pensamento cintilante”, vai estrear no dia 16 de março, às 23h, na RTP2.

O mais recente filme documental de Miguel Costa tem como foco a vida de José Medeiros Ferreira (1942-2014), personalidade de grande relevância para a história da segunda metade do século XX em Portugal. 

Este trabalho tem como essência a adaptação de textos autobiográficos que Medeiros Ferreira escreveu para o livro “Memórias Anotadas”, intercalando-os com depoimentos de familiares e figuras de grande relevo na vida política, jornalística e académica de Portugal dos últimos 50 anos, com quem se cruzou, tais como Maria Emília Brederode dos Santos, general António Ramalho Eanes, João Bosco Mota Amaral, Carlos César, Margarida Figueiredo, Maria Inácia Rezola, Carlos Almeida, Eduardo Paz Ferreira, Mário Mesquita, Maria do Carmo Figueiredo, Pierre Dominicé, François Garçon, Miguel Medeiros Ferreira, Vasco Cordeiro e Pilar Damião. 

A pontuar alguns momentos chave da vida de Medeiros Ferreira aparecem também pequenas recriações dos mesmos, feitas em ficção, interpretadas pelos atores Filipe Zava, Ávila da Costa e  Rafael Ligeiro, efetuadas com o apoio do Grupo de Teatro da Faculdade de Letras e do Município de Vila Franca do Campo.

O açoriano José Medeiros Ferreira veio para o continente para estudar na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, destacando-se como dirigente da RIA (Reunião Inter-Associações) na primavera estudantil de 1962. Proibido de frequentar as universidades portuguesas, exilou-se na Suíça, onde se formou em História na Universidade de Genebra. 

Em 1973 apresentou uma tese no III Congresso da Oposição Democrática, na qual previu que a ditadura em Portugal iria ser derrubada pelos militares, e que os mesmos seriam parte integrante do processo de democratização, descolonização e desenvolvimento. Foi a futura inspiração do programa do MFA (Movimento das Forças Armadas). Esta teoria foi recebida por todos como um pensamento desajustado da realidade portuguesa. Mas o facto é que a previsão de Medeiros Ferreira se viria a concretizar. 

Após o 25 de Abril de 1974, fez parte da Assembleia Constituinte como deputado do PS, foi Secretário de Estado e Ministro dos Negócios Estrangeiros do I Governo Constitucional, liderado por Mário Soares, cabendo-lhe a árdua missão de restituir a credibilidade de Portugal nas Nações Unidas e na Europa, bem como de recuperar a confiança dos países anteriormente colonizados por Portugal. 

Tido como atlantista e europeísta, juntamente com Mário Soares conseguiu que o grupo restrito de países ricos que na altura formavam a CEE (Comunidade Económica Europeia) aceitasse a candidatura de Portugal a futuro membro desta organização. Tido como um especialista em relações internacionais, escreveu diversos livros sobre a história contemporânea de Portugal, criando escola e conquistando um grande grupo de seguidores. Era frequentemente convidado para comentar temas da política internacional.

O processo de execução deste documentário de 58 minutos durou cerca de sete meses, desde a pesquisa, a escrita do guião, a planificação, realização e a montagem final, tendo levado o realizador Miguel Costa e a sua equipa a filmar em Lisboa, Açores, França e Suíça.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Ministra da Modernização veio acompanhar criação de região inteligente

A Comunidade Intermunicipal do Oeste recebeu na sua sede, nas Caldas da Rainha, no passado dia 20, a ministra da Juventude e Modernização, Margarida Balseiro Lopes. No centro das atenções esteve o Projeto Oeste Smart Region, num encontro que assinala mais um passo na jornada da região Oeste rumo à transição digital.

ministra