Q

Previsão do tempo

20° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 22° C
20° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 23° C
21° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 25° C

Presidente do CDS-PP dá posse a novos órgãos do partido no distrito

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Cerca de 200 militantes do CDS/PP marcaram presença na passada sexta-feira no jantar de tomada de posse das seis concelhias do distrito de Leiria do partido, que decorreu no restaurante Paraíso do Coto, em Caldas da Rainha, e onde esteve presente o presidente do CDS-PP, Nuno Melo, que sublinhou que “o CDS ainda vai surpreender […]
O líder centrista com os responsáveis pelas seis concelhias que tomaram posse

Cerca de 200 militantes do CDS/PP marcaram presença na passada sexta-feira no jantar de tomada de posse das seis concelhias do distrito de Leiria do partido, que decorreu no restaurante Paraíso do Coto, em Caldas da Rainha, e onde esteve presente o presidente do CDS-PP, Nuno Melo, que sublinhou que “o CDS ainda vai surpreender muita gente”.

Na tomada de posse, que contou com a presença dos diversos elementos que compõem os novos órgãos eleitos pelas seis concelhias do distrito de Leiria (Caldas da Rainha, Bombarral, Alcobaça, Leiria, Pombal e Pedrogão Grande), o líder dos centristas começou por afirmar que “tem sido um caminho difícil e penoso, mas também muito estimulante”. Nesse sentido, “agradeço a presença de todos os militantes na iniciativa, pois só mostra que o partido não desistiu”.

Nuno Melo manifestou que “todos temos consciência que houve uma reconfiguração política partidária depois das últimas legislativas, mas acredito que o CDS-PP pode viver melhores dias no futuro próximo”.

Aproveitou o momento para esclarecer que “o nosso principal adversário é o Partido Socialista e não o Chega”, respondendo assim a uma entrevista de André Ventura.

Para Nuno Melo, “mais depressa o Chega será engolido pela IURD (Igreja Universal do Reino de Deus) do que o CDS engolido pelo Chega”. “Aquilo que nos separa do Chega é a liberdade e a democracia”, frisou o presidente do CDS-PP, desafiando ainda André Ventura para que “viesse contar os muitos militantes que saíram do Chega e regressaram ao CDS-PP pela simples circunstância de querem estar num partido que seja democrático e que se possam candidatar e serem eleitos”. “Aqui no nosso partido, não há nenhuma concelhia nem distrital que seja nomeada pelo presidente do partido”, apontou o líder dos centristas.

O centrista disse também que “o CDS-PP não é um partido de protesto radical”, pelo contrário “sabe que a vida das pessoas se muda através da razão” e por isso, o partido tem um conjunto de propostas, que “podem ajudar a mudar Portugal”.

Frisou ainda que o CDS-PP também difere da Iniciativa Liberal, defendendo assim “um mercado capaz, competitivo e que gere riqueza e emprego para o país, colocando as pessoas no centro da ação política”. “O CDS-PP não é um partido qualquer e tem provas dadas na consolidação da democracia em Portugal”, apontou Nuno Melo, que considera que “a Assembleia da República transformou-se numa grande peça de teatro, mal encenada, com um partido que tem a maior parte do tempo mediático, mas que realmente existe para perpetuar o socialismo em Portugal”.

De acordo com o centrista, “o que distingue o CDS-PP dos restantes partidos é a qualidade das nossas estruturas e também nos nossos quadros”, e é por isso que “o partido precisa de continuar a afirmar a diferença”. A par disso, “se conseguirmos juntar a transversalidade que o partido tem em todos os seus fundadores, tenho a certeza que vamos ter sucesso”. “Acredito que o CDS-PP ainda vai surpreender muita gente” destacou Nuno Melo, esclarecendo que o “partido vai continuar a lutar” e acredito que as coisas vão melhorar”.

Presente na tomada de posse também esteve o presidente da distrital de Leiria, Graciano Dias, que sublinhou que “esta sala cheia de militantes faz-me acreditar que com a força de cada um, conseguiremos ganhar as próximas eleições”. “E espero sinceramente que Nuno Melo faça parte do novo governo, nas próximas legislativas”, salientou.

Uma das concelhias a tomar posse foi a Comissão Política das Caldas da Rainha, onde o líder Francisco Ferreira referiu que o “nosso objetivo é fazer crescer o CDS-PP nas freguesias, na câmara, no distrito e em Portugal”, apelando aos militantes que se juntem ao partido, com propostas pois “o CDS-PP faz falta a Portugal”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quatro pessoas assistidas em acidente aparatoso

Um acidente envolvendo dois carros na Avenida Barata Feyo, junto ao hipermercado E.Leclerc, nas Caldas da Rainha, ocorreu neste domingo de manhã, levando quatro pessoas a serem assistidas pelas equipas pré-hospitalares dos bombeiros.

despiste1

Filipe Rebelo revalida título de tricampeão regional +35

Filipe Rebelo, do Clube de Ténis das Caldas da Rainha, revalidou o título de tricampeão regional alcançado em 2023, ao vencer as provas de singulares, pares masculinos e pares mistos, no escalão +35, no campeonato regional de veteranos disputado no Clube Escola de Ténis e Padel de Leiria.

filipe