Q

Previsão do tempo

9° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C
9° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C
9° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C

Papagaios-do-mar mortos sem gripe das aves

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), autoridade nacional para a conservação da natureza, está a acompanhar a situação do surgimento em algumas praias, sobretudo na região Oeste (costa de Peniche), de um elevado número de papagaios-do-mar mortos ou debilitados, tendo revelado que os resultados das análises “são todos negativos para a gripe aviária”.
As aves não apresentam causa de morte visível

O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), autoridade nacional para a conservação da natureza, está a acompanhar a situação do surgimento em algumas praias, sobretudo na região Oeste (costa de Peniche), de um elevado número de papagaios-do-mar mortos ou debilitados, tendo revelado que os resultados das análises “são todos negativos para a gripe aviária”.

Nos últimos dias deram à costa centenas de papagaios-do-mar, uma quantidade considerada “impressionante”. De acordo com o ICNF, “nesta altura do ano, estas aves passam ao largo da costa portuguesa nas suas rotas migratórias”, mas “a causa destes arrojamentos ainda não é conhecida”.

O ICNF tem equipas no local, em articulação com a Proteção Civil Municipal e Polícia Marítima, tendo sido recolhidas dezenas de aves vivas debilitadas e também vários exemplares mortos. As aves estão a ser encaminhadas para o Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (CRAM) do Ecomare, onde também se estão a proceder a análises para tentar apurar a causa da morte.

“Todos os anos se verificam arrojamentos de aves marinhas no litoral português, os quais podem ocorrer devido a tempestades no mar, que dificultam o acesso a alimentação e podem causar exaustão a aves que percorrem milhares de quilómetros, à utilização de redes de pesca ilegais, ou a doenças, algumas delas potencialmente transmitidas a humanos”, sublinha o ICNF, que alerta que “os cidadãos que detetem aves mortas, ou a precisar de cuidados na costa, não devem manuseá-las, mas sim alertar as autoridades”.

A causa mais provável será a dificuldade de se alimentarem devido ao mau tempo. Os papagaios-do-mar que têm arrojado estão bastante magros.

O papagaio-do-mar é uma espécie exclusiva do Atlântico Norte e pode aparecer acidentalmente nos Açores e Madeira e atravessar, enquanto migrante, a costa portuguesa nos meses de inverno.

As aves encontradas na costa de Peniche e Lourinhã estão a ser retiradas numa ação coordenada entre o ICNF, a SPEA – Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, as organizações de conservação do ambiente Mar à Deriva – Adrift Sea, Mestres do Oceano e Lindomar – Foz do Arelho, envolvendo vários voluntários.

Para além de papagaios-do-mar, têm sido encontradas tordas-mergulheiras, gaivotas e outras espécies.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Detido jovem suspeito de esfaquear italiano

Um jovem de 20 anos suspeito de ter esfaqueado um turista italiano, de 44 anos, em agosto do ano passado, na cidade de Peniche, foi detido no dia 31 de janeiro pela Polícia Judiciária.

301892571 5511052978953498 1142509494542909660 n

Corpo dá à costa em São Martinho do Porto

Foi encontrado na manhã deste sábado um corpo a flutuar junto à costa, a sul da Ponta do Facho, em São Martinho do Porto, tendo sido resgatado após o alerta dado pelas 10h25, através de um popular que se encontrava naquela zona de pesqueiro a praticar pesca lúdica.

corpo