Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 24° C
15° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 25° C
15° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 26° C

Cardeal Patriarca na inauguração do restauro da Igreja Paroquial de A-dos-Francos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foram inauguradas no passado domingo as obras de restauro da Igreja Paroquial de A-dos-Francos, com a presença doCardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, e da população da freguesia. Tratou-se de uma empreitada que teve umaintervenção de fundo, que se prolongou por seis anos, com um custo de 150 mil euros. A Igreja Paroquial de […]

Foram inauguradas no passado domingo as obras de restauro da Igreja Paroquial de A-dos-Francos, com a presença do
Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, e da população da freguesia. Tratou-se de uma empreitada que teve uma
intervenção de fundo, que se prolongou por seis anos, com um custo de 150 mil euros.

A Igreja Paroquial de São Silvestre, que foi construída no século XVIII, recebeu uma intervenção de fundo, com a qual se
pretendeu repor aquele templo como era originalmente, mas nem tudo ficou igual à fotografia de 1962 que serviu de guia à
recuperação. Tratou-se de uma obra iniciada há cerca de seis anos, mas “tendo em conta a delicadeza de alguns dos
trabalhos, o prazo estendeu-se”, explicou o padre José Gonçalves, salientando que “não houve cá remendos, nem arranjinhos”.
A empreitada retirou o azul turquesa pintado num dos tetos da igreja e recuperou o traço original do altar-mor e os outros dois
altares laterais, que foram retirados, bem como as pinturas originais, que foram sobrepostas. Simultaneamente foram
recuperados os madeiramentos, atualizou-se a instalação elétrica e repararam-se os sinos.
Na parte exterior, a Igreja Paroquial de A-dos-Francos já tinha sido pintada e recebido um telhado novo. “Apesar das
dificuldades, nunca desistimos para que obra chegasse até ao fim e fosse feita com pés e cabeça”, sublinhou o pároco,
agradecendo a todos quantos se envolveram na realização desta obra, assim como à população pelos contributos dados. “A
nossa Igreja não podia ter ficado mais bonita”, frisou o padre.
As obras, que rondarão um custo de 150 mil euros, tiveram suporte da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Junta de
Freguesia de A-dos-Francos e sobretudo da população da freguesia, que respondeu positivamente aos peditórios e eventos
lançados pela paróquia.
Para o presidente da Junta de Freguesia, Paulo Sousa, “esta é uma igreja que representa a nossa freguesia e um património
que é de todos nós, e por isso já ansiávamos pela inauguração das obras há muito”. “Inicialmente não era para ter um prazo
tão alargado, nem para ter uma intervenção tão grande, mas à medida que se foi requalificando foram detetadas outras
necessidades”, apontou o autarca.
Presente na inauguração das obras também esteve o presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Vitor Marques,
que relembrou que “durante o período de restauro houve um conjunto de contratempos que foram aparecendo, mas que a
paróquia e os que se propuseram fazer esta requalificação do espaço tiveram sempre a audácia de contrariar e ultrapassar”.
“Toda a intervenção, que foi bastante significativa, proporcionou quase como se fosse uma igreja nova à freguesia”, vincou.
Além da inauguração das obras de restauro, também celebrada uma missa com a bênção da igreja, presidida pelo Cardeal

Patriarca de Lisboa, e descerrada uma placa comemorativa que “recorda o esforço pessoal e de interesse da população de A-
dos-Francos, e sobretudo a persistência do Conselho Económico da Paróquia para que esta obra fosse feita”, disse o padre

José Gonçalves.
Até à conclusão das obras as missas decorriam no Centro Paroquial ao lado da igreja, mas agora retomam aos domingos na
Igreja Paroquial de A-dos-Francos.
Após a missa, a população juntou-se num almoço convívio, que se realizou na Sociedade de Instrução Musical Cultura e
Recreio de A-dos-Francos, onde houve animação musical.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Papagaios gigantes coloriram o céu na Foz do Arelho

O passado fim-de-semana foi de grande animação na Foz do Arelho, com diversos eventos a terem lugar, no âmbito do 2º Festival da Lagoa. No domingo, os papagaios tomaram conta do céu.

primeira

Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos continuam fechados ao fim de semana

A Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos no hospital das Caldas da Rainha, na Unidade Local de Saúde (ULS) do Oeste, vão continuar a não receber utentes entre as manhãs de sexta-feira e de segunda-feira e quem necessitar de assistência médica deverá dirigir-se ao Hospital de Santarém, pertencente à ULS da Lezíria.

urgencia

“Mural dos afetos” dá as boas-vindas a quem chega à cidade

A imagem de uma mãe abraçada à filha embeleza a fachada de um edifício na Rua General Amílcar Mota, na entrada sul da cidade. Trata-se de um mural de arte urbana, da autoria de Daniel Eime, que identifica Caldas da Rainha como uma cidade que há uma dezena de anos faz parte do Movimento Cidade dos Afetos.

afetos