Q

Previsão do tempo

11° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C
11° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C
12° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C

Teatro da Rainha organiza colóquio “Caldas, Cidade Criativa?”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“Caldas, Cidade Criativa?” é o mote para a 6ª edição do colóquio “Teatro, Espaço Vazio e Democracia”, a ter lugar no Teatro da Rainha, no dia 10 de dezembro, às 15h. Intervirão Fernando Mora Ramos, diretor da companhia fundada em 1985, Sofia Bandeira Duarte, Sofia Reboleira, João Gabriel e Pedro Xavier Mendonça. No mesmo dia, às 18h30, a Sala Estúdio do Teatro da Rainha acolherá o concerto “De Buenos Aires a Paris”, com Emma Alonso na voz e José Manuel Vaquero ao piano.
Cartaz do evento

“Caldas, Cidade Criativa?” é o mote para a 6ª edição do colóquio “Teatro, Espaço Vazio e Democracia”, a ter lugar no Teatro da Rainha, no dia 10 de dezembro, às 15h. Intervirão Fernando Mora Ramos, diretor da companhia fundada em 1985, Sofia Bandeira Duarte, Sofia Reboleira, João Gabriel e Pedro Xavier Mendonça. No mesmo dia, às 18h30, a Sala Estúdio do Teatro da Rainha acolherá o concerto “De Buenos Aires a Paris”, com Emma Alonso na voz e José Manuel Vaquero ao piano.

O colóquio “Teatro, Espaço Vazio e Democracia” teve a sua primeira edição em 2017, propondo-se como estímulo à reflexão e ao debate sobre o papel que a atividade teatral tem a desempenhar em sociedades que se pretendam democráticas.

“Este ano queremos pensar Caldas da Rainha, o que na cidade há, não há ou pode haver de criativo. Caldas, cidade criativa? A UNESCO diz que sim, desde 2019, no domínio dos crafts e das artes populares. Os crafts são as artes e os ofícios ligados ao artesanato. A louça, portanto. Mas o que são ou podem ser as artes populares? Que funções desempenham e que papéis representam na cidade? Estamos condenados ao priapismo de barro? Que tipo de relação e elos mantêm os cidadãos com essas tais artes populares? Quais são? Onde se produzem?”, manifesta a organização.

“O tema desbrava uma vasta zona de cogitações a serem exploradas, nomeadamente por quem, vivendo numa cidade, não prescinda da oferta cultural que ela tenha para oferecer. E por quem, na ausência dessa oferta, prefira outros locais para existir e viver”, adianta.

Foram convidadas a intervir quatro pessoas com uma relação de proximidade à cidade de Caldas da Rainha.

Sofia Bandeira Duarte é doutorada, pela Faculdade de Letras, em Estudos de Literatura e de Cultura. Investigadora qualificada em História da Arte em Portugal e em Literatura Comparada, foi docente e tem experiência e competências consolidadas em atividades como criação de conteúdos, comunicação cultural aplicada a diferentes públicos, curadoria e criação de ambientes para filmes documentais. Vive em Caldas da Rainha.

Ana Sofia Reboleira nasceu em Caldas da Rainha. É bióloga de formação, com mestrado em gestão de ecossistemas, ecologia e biodiversidade. Licenciou-se pela Universidade de Aveiro, é professora na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, além de investigadora no Museu de História Natural da Dinamarca e vice-presidente da Sociedade Internacional de Biologia Subterrânea.

João Gabriel, natural de Leiria, vive e trabalha em Caldas da Rainha. Artista plástico formado pela Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha, onde fez licenciatura e mestrado, tem participado em várias exposições coletivas nacionais e internacionais. Começou a expor individualmente em 2013. No ano de 2017, foi finalista do Prémio Novos Artistas Fundação EDP. Está representado em várias coleções.

Pedro Xavier Mendonça, doutor em Ciências Sociais – Sociologia Geral pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, é consultor no Centro Nacional de Cibersegurança. Licenciado em Filosofia, pela Universidade de Coimbra, mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias, pelo ISCTE, é também co-editor da revista Três Três. Reside em Caldas da Rainha.

A entrada é gratuita, mas a reserva é obrigatória pelo telefone 262823302.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

PSP combate criminalidade em bares e ruas no centro das Caldas

Uma operação desenvolvida pela PSP das Caldas da Rainha na noite da passada sexta-feira e madrugada de sábado, tendo como alvo bares no centro da cidade e ruas nas proximidades, com o objetivo de “prevenir a criminalidade violenta e grave ou organizada e aumentar o sentimento de segurança na população”, originou a detenção de quatro homens, com idades entre 21 e 28 anos, pelos crimes de tráfico de droga, posse de arma proibida e condução em estado de embriaguez.

psp1

Lions formaliza entrega de verba de espetáculo solidário

O Lions Clube das Caldas da Rainha fez no passado dia 30 uma entrega formal ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) da verba apurada no concerto solidário com o maestro e pianista António Victorino d’Almeida e trio de Pedro Caldeira Cabral....

lions

Desfile equestre apresentou reis do carnaval das Caldas

Luís Ventura, de 47 anos, e Mariana Mortágua, de 22 anos, foram escolhidos para serem os reis do carnaval das Caldas da Rainha, encarnando as personagens Zé Povinho e Maria da Paciência, respetivamente, criações de Rafael Bordalo Pinheiro como caricaturas do povo português.

reis00