Q

Previsão do tempo

18° C
  • Tuesday 18° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 19° C
18° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 19° C
18° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 21° C

Livro “Pão Descomplicado” com receitas sem glúten apresentado na EHTO

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foi apresentado na passada sexta-feira, no auditório da Escola de Hotelaria e de Turismo do Oeste (EHTO), o livro “Pão Descomplicado”, composto por mais de 65 receitas, sem glúten, em que uma das autoras foi aluna de uma das edições do curso de Padaria Avançada da escola. O livro foi editado pela Associação Paleo XXI, […]

Foi apresentado na passada sexta-feira, no auditório da Escola de Hotelaria e de Turismo do Oeste (EHTO), o livro “Pão Descomplicado”, composto por mais de 65 receitas, sem glúten, em que uma das autoras foi aluna de uma das edições do curso de Padaria Avançada da escola.

O livro foi editado pela Associação Paleo XXI, “que existe há oito anos e que tem contribuído para impulsionar a difusão do estilo de vida e alimentação paleo, enquanto alternativa saudável e lógica, apostando assim no consumo de proteína em vez de hidratos de carbono”, sublinhou Francisco Silva, fundador do grupo que segue um modelo adaptado da original dieta do paleolítico e que conta com 450 mil seguidores nas redes sociais.

Ao longo dos oito anos, a equipa da Paleo XXI tem vindo apostar na edição de livros sobre a “Cozinha Paleo XXI”, a “Doce tradição” e o “Com sal e sabor”, apostando agora “na missão de descomplicar o pão”. Nesse sentido, a associação decidiu convidar a antiga aluna da EHTO, Ana Henriques, formada em Padaria Avançada, para ajudar na criação do livro, com mais de 65 receitas de diversos tipos de pães para todos os gostos, desde broas, pães grandes, de forma, bolinhas, doces ou salgados.

De acordo com Francisco Silva, “não estamos a lutar contra quem faz pão tradicional, mas sim a informar que é possível fazer as mesmas receitas com outros ingredientes”.

Todas as receitas, que foram preparadas e provadas pelos autores, e que também contaram com ajuda dos alunos do curso de Padaria Avançada, procuram “abranger todo o tipo de pessoas”. “Temos receitas com duas massas mãe, uma feita com a fermentação da maçã e outra com açúcar e trigo sarraceno para ensinar a massa em casa, mas também receitas sem massa mãe, outras que se fazem na hora, e com ou sem laticínios”, explicou o fundador do grupo.

Paula Ruivo, da Paleo XXI, afirmou que “este é um livro só de pão, mas que mostra que é possível confecionar o mesmo com uma verdadeira massa mãe e ter verdadeiras surpresas, como pão doce, brioches, pães salgados e recheados, entre outros”.

Acompanhar a equipa da Paleo XXI esteve antiga aluna da EHTO, Ana Henriques, que explicou que “é muito importante o mundo da cozinha e da pastelaria tradicional perceber que é possível adaptar-se a novos horizontes e a outros tipos de alimentações, dietas e restrições alimentares”. “Foi isso que fizemos no livro “Pão Descomplicado”, onde recriamos um conjunto de pães, em que substituímos a farinha de trigo por farinha de outros cereais igualmente importantes na nossa produção nacional, como farinha de arroz ou de milho, e que não tem, naturalmente, glúten”, apontou, adiantando que “através destas receitas é possível criar pães fantásticos, com sabores na mesma”.

Além de apresentar o livro, a equipa da Paleo XXI convidou os alunos a recriar duas das receitas da obra nas instalações da escola.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Reabilitação das duas residências de estudantes e construção de uma nova

A empreitada de reabilitação da residência de estudantes ‘Rafael Bordalo Pinheiro’, na Rua Vitorino Fróis, em Caldas da Rainha, vai permitir aumentar a oferta de camas, das atuais 104 para 117, num investimento de cerca de 1 milhão e 360 mil euros, financiado pelo Programa de Recuperação e Resiliência (PRR), no âmbito do Plano Nacional para o Alojamento no Ensino Superior (PNAES).

residencias

Mexilhão gigante no Paul de Tornada

A Associação Pato encontrou um mexilhão gigante no Paul de Tornada quando se dedicava ao estudo dos cágados. Tinha 176 milímetros de comprimento e a espécie nem estava identificada nesta região.

mexilhao

Resultados da monitorização de cágados vão ser apresentados

A monitorização de cágados (tartarugas de água doce) na Reserva Natural Local do Paul de Tornada já remonta a 1995. Desde essa altura que se tem vindo a realizar monitorizações destas espécies de forma a avaliar as populações de cágado-de-carapaça-estriada (Emys orbicularis) e cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa) no Paul de Tornada.

cagados