Q

Previsão do tempo

12° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C
12° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 14° C
12° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 13° C
  • Wednesday 15° C

Cardeal Patriarca no 50º aniversário do Núcleo de Escuteiros do Oeste

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O pavilhão gimnodesportivo do Cadaval acolheu, no passado dia 1, o fecho das comemorações do 50º aniversário da fundação do Núcleo do Oeste do Corpo Nacional de Escutas (CNE). A cerimónia contou com a presença do Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, que presidiu à eucaristia.
Final das comemorações aconteceu no pavilhão gimnodesportivo do Cadaval

O pavilhão gimnodesportivo do Cadaval acolheu, no passado dia 1, o fecho das comemorações do 50º aniversário da fundação do Núcleo do Oeste do Corpo Nacional de Escutas (CNE). A cerimónia contou com a presença do Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, que presidiu à eucaristia.

Largas dezenas de escuteiros católicos oestinos passaram a tarde do Dia de Todos-os-Santos na vila do Cadaval, com o intuito de participar no encerramento da celebração dos 50 anos deste núcleo escutista, que teve diversas atividades ao longo de um ano em todos os dez concelhos que integram o núcleo.

D. Manuel Clemente, natural de Torres Vedras e cofundador deste núcleo foi uma presença assídua nas comemorações desta efeméride.

Na cerimónia final no Cadaval, Ivo Faria e Carlos Pacheco, chefe nacional do CNE e chefe do Núcleo do Oeste, respetivamente, abriram o período de discursos, no qual destacaram o importante papel que o escutismo assume na formação dos jovens cidadãos. Não só por pretender torná-los participativos e responsáveis nas suas comunidades, mas também pela educação para a paz, compreensão e solidariedade.

O vice-presidente do Município do Cadaval, Ricardo Pintéus, manifestou que “num momento em que o mundo vive tempos tão conturbados, é muito gratificante saber da existência de movimentos como este, que purga por valores como o respeito pelo próximo, a proteção do ambiente, da lealdade e, mais importante ainda, da amizade”.

Os agrupamentos 601 e 1007, das localidades de Vilar e Alguber, respetivamente, abrilhantaram a cerimónia com alguns apontamentos musicais.

Decorria o ano de 1972, quando o núcleo oestino do CNE  foi fundado em Torres Vedras e Penafirme, pelas mãos do próprio D. Manuel Clemente, do cónego Alfredo Cerca e de Mário Pedro Marques. Na atualidade, o Núcleo conta com cerca de quatro mil escuteiros e envolve 34 agrupamentos espalhados por Alcobaça, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Mafra, Nazaré, Óbidos, Peniche e Torres Vedras.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Jogo treino de futsal

Apesar de estar de folga, a equipa da Associação Desportiva de Óbidos aproveitou a pausa no Campeonato Distrital de Lisboa para efetuar um jogo treino, em Torres Vedras, com a equipa dos sub 17 do Sporting Clube de Torres.

futsal 1

Conferência sobre espiritismo

O Centro de Cultura Espírita de Caldas da Rainha vai levar a cabo no dia 1 de março, às 21h00, uma conferência subordinada ao tema "Debate público - o espiritismo", com Amélia Reis.