Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 18° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 19° C
14° C
  • Friday 16° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 19° C
15° C
  • Friday 17° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 21° C

Fingiam ser militares da GNR e foram detidos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um homem de 34 anos e uma mulher de 38 anos, residentes na Benedita, que se faziam passar por militares da GNR, exibindo carteiras profissionais iguais às que são usadas por aquela força de segurança, para além de comandantes de bombeiros, enfermeiros ou até elementos da Proteção Civil, foram detidos pela Esquadra de Investigação Criminal de Leiria da PSP em flagrante delito, ao princípio da tarde do passado dia 24.

Um homem de 34 anos e uma mulher de 38 anos, residentes na Benedita, que se faziam passar por militares da GNR, exibindo carteiras profissionais iguais às que são usadas por aquela força de segurança, para além de comandantes de bombeiros, enfermeiros ou até elementos da Proteção Civil, foram detidos pela Esquadra de Investigação Criminal de Leiria da PSP em flagrante delito, ao princípio da tarde do passado dia 24.

A detenção ocorreu quando o casal pretendia burlar a funcionária de uma imobiliária em Leiria, a quem se apresentaram como oficiais da GNR e de quem procuravam obter a chave de uma casa que diziam querer comprar.

Diversas denúncias levaram à detenção do casal, que incorre na prática de vários crimes, como abuso de designação, sinal ou uniforme, usurpação de funções, falsificação de documentos e burlas.

Foram feitas buscas domiciliária e não domiciliária (viatura), tendo sido apreendido um vasto leque de fardamento adstrito à GNR, divisas, insígnias, equipamento técnico e tático-policial (bastões policiais e de ordem pública), algemas, coldres, emissores/recetores (rádios), reprodução de arma de fogo (pistola), luz strobe de cor azul (utilizada para trânsito de viaturas policiais em marcha de urgência, vulgarmente designada por pirilampo), inúmeros cartões profissionais daquela força de segurança e de outras instituições de emergência e socorro, designadamente, Bombeiros, INEM e Proteção Civil, bem como diversas peças de fardamento relativas a estas instituições, que utilizariam em proveito próprio, para, dessa forma, obter bens alimentares em supermercados ou realizar falsos peditórios em nome das respetivas entidades.

Na residência dos suspeitos foi apreendida uma espingarda, para a qual nenhum dos detidos está legalmente habilitado com licença de uso e porte, cometendo por este motivo o crime de detenção ilegal de arma de fogo. Foram igualmente encontradas duas molduras com fotografias do homem fardado de militar da GNR.

Os detidos, com antecedentes criminais por burla e falsificação, e sem atividade profissional conhecida, já há vários anos que se dedicava a estas ações ilícitas. A PSP admite a possibilidade de o casal estar envolvido noutro tipo de crimes, como burlas a idosos, no distrito de Leiria e fora dele.

De acordo com a investigação da PSP, que designou esta operação de “Dupla face”, grande parte do material apreendido é verdadeiro. Seria comprado em lojas de equipamento técnico-tático das forças de segurança, mas os suspeitos também produziam alguns artigos.

O comando distrital de Leiria da PSP recomenda que as pessoas “não deixem de respeitar as ordens ou indicações emitidas pelos profissionais das forças de segurança, fardados ou à civil, desde que façam prova legal e legítima dessa qualidade”. Em caso de dúvida relativamente à ação ou à legitimidade destes profissionais aconselha-se o contacto imediato com a respetiva força de segurança.

A PSP de Leiria prossegue a investigação e apela a eventuais vítimas que se queixem.

Em conferência de imprensa no Comando Distrital de Leiria da PSP, o comissário André Antunes relatou que ainda não foi possível estabelecer “um padrão” quer das vítimas, quer da forma de atuação do casal, que está em liberdade a aguardar o desenvolvimento do processo judicial.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Feriado municipal celebrado com a população

Foi em frente ao Hospital Termal, no largo Rainha D. Leonor, que os dois principais representantes políticos do concelho, os presidentes da Assembleia e da Câmara Municipal, se dirigiram à população para evocar o Dia da Cidade e a sua fundadora.

15demaioHTermal3

Festas da Cidade com três concertos

Foram três noites com uma seleção musical muito eclética, da música clássica às cantigas em crioulo, que preencheram o programa das Festas da Cidade de 2024.

concerto1