Q

Previsão do tempo

16° C
  • Wednesday 12° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
16° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
16° C
  • Wednesday 13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C

Queixa na origem de dispensa de cónego

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Patriarcado de Lisboa recebeu uma queixa contra um sacerdote do Bombarral por assédio ou importunação sexual de uma pessoa adulta, tendo sido dispensado das suas funções a 25 de julho deste ano na sequência dessa denúncia e devido ao seu quadro de saúde, que se terá agravado e que tinha sido a razão comunicada à comunidade religiosa para a sua substituição.
O padre foi responsável pela paróquia do Santíssimo Salvador do Bombarral

O Patriarcado de Lisboa recebeu uma queixa contra um sacerdote do Bombarral por assédio ou importunação sexual de uma pessoa adulta, tendo sido dispensado das suas funções a 25 de julho deste ano na sequência dessa denúncia e devido ao seu quadro de saúde, que se terá agravado e que tinha sido a razão comunicada à comunidade religiosa para a sua substituição.

O cónego, que era pároco do Santíssimo Salvador do Bombarral, do Sagrado Coração de Jesus do Vale Covo, de Nossa Senhora da Purificação da Roliça e capelão da Santa Casa da Misericórdia do Bombarral, foi dispensado dessas funções, para as quais havia tomado posse no dia 23 de setembro de 2018, depois de anteriormente ter exercido na Paróquia de Nossa Senhora da Purificação, em Oeiras.

Ordenado a 30 de novembro de 1986, o padre, de 61 anos, foi sempre acarinhado ao longo da sua permanência no Bombarral, onde na última celebração religiosa recebeu uma mensagem de gratidão da Assembleia Paroquial. Aliás, tem sido elogiado nas várias funções desempenhadas.

Sobre o padre, que também era presidente do Centro Social Paroquial do Bombarral e assistente do agrupamento de escuteiros do Bombarral, o Patriarcado de Lisboa confirmou ao JORNAL DAS CALDAS a receção de uma queixa “que não se insere no quadro de atuação da Comissão de Proteção de Menores e Pessoas Vulneráveis” da Diocese de Lisboa.

Revelando que “no âmbito desta Comissão não há registo de denúncias anteriores em relação a comportamentos incorretos por parte deste sacerdote”, o Patriarcado informou que “a dispensa das suas funções decorreu da queixa recebida e do seu quadro de saúde”.

O Patriarcado de Lisboa comunicou a sua “disponibilidade permanente para colaborar com as autoridades competentes, em ordem ao esclarecimento da verdade”.

Não foi adiantado se está em curso algum inquérito e onde se encontra o pároco. Contudo, em agosto, o cónego concelebrou a eucaristia integrada na Festa em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, em Peniche.

O JORNAL DAS CALDAS contactou o sacerdote para recolher a sua versão. “Não me encontro disponível”, respondeu o padre, não sendo assim possível esclarecer a situação.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Médico cumpre pena por abusar de crianças

Um médico do Hospital Distrital de Santarém foi detido pela PSP daquela cidade e levado para o Estabelecimento Prisional das Caldas da Rainha para cumprir uma pena de cinco anos e sete meses de prisão efetiva por diversos crimes de abuso sexual de crianças.

abuso

Biblioteca Municipal comemora 25º aniversário

A Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha comemora no dia 6 de dezembro o seu 25º aniversário e das 10h às 17h, no terminal da Rodoviária do Oeste, realiza-se a iniciativa A Biblioteca Municipal sai à rua.

biblioteca 1