Q

Previsão do tempo

20° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 18° C
  • Tuesday 21° C
20° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 21° C
20° C
  • Sunday 20° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 23° C

Pote de fumo preto dá multa de 1.224 euros ao Caldas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Caldas Sport Clube foi multado em 1.224 euros por ter sido utilizado material pirotécnico aquando do primeiro golo frente ao Sporting da Covilhã, no passado dia 2, a contar para a segunda eliminatória da Taça de Portugal. Segundo o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), “ao minuto 13 foi deflagrado um […]

O Caldas Sport Clube foi multado em 1.224 euros por ter sido utilizado material pirotécnico aquando do primeiro golo frente ao Sporting da Covilhã, no passado dia 2, a contar para a segunda eliminatória da Taça de Portugal.

Segundo o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), “ao minuto 13 foi deflagrado um pote de fumo preto que se encontrava em cima do muro do setor 4 e que era de acesso exclusivo a adeptos da equipa visitada”. A situação foi registada pela PSP das Caldas da Rainha e descrita no relatório do delegado da FPF ao jogo no Campo da Mata.

A sanção aplicada ao Caldas foi reduzida para metade.

A direção do Caldas emitiu um comunicado, onde manifestou que “o clube não se revê neste tipo de atitudes, que em nada acrescentam ao fenómeno desportivo, bem como à forma como estamos no futebol”.

“Quem tem estas atitudes não está, com toda a certeza, ao lado do clube nem do lado certo do futebol”, sustentou, convidando “quem deflagrou ou acompanhou a deflagração do engenho pirotécnico que não compareça mais no Campo da Mata”.

Deixou ainda um apelo a todos: “Caso haja alguém que possa identificar os autores deste acontecimento, que informe a direção”.

Grupos de adeptos comentam multa

Os grupos de adeptos Dope Boys e Sector 1916 vieram a público comentar a multa. “Que fique bem claro que nenhum elemento dos Dope Boys teve algo a ver com os incidentes dos potes de fumo no último jogo da Taça”, afirmou este grupo. “Esperamos sinceramente que o grupo Sector 1916 assuma publicamente as culpas deste episódio, porque quem o fez faz parte desse mesmo grupo”, manifestaram no Facebook os Dope Boys, concluindo que “já nos conseguiram proibir de entrar com bandeiras e tambor por não sermos ‘oficiais’, mas só nos vão impedir de cantar no dia em que nos proibirem de entrar na Mata”.

O Sector 1916, por sua vez, esclareceu que “a pessoa que admitiu ter acendido o pote informou-nos nesse mesmo dia que ia desistir da claque”, pelo que “a pessoa já não se encontra inscrita na claque, tendo o clube sido prontamente informado desta decisão”.

“Realmente pertenceu ao Sector 1916, mas no dia desse jogo esteve com o grupo Dope. Aliás, momentos depois de deflagrar o engenho no muro voltou a juntar-se a eles mesmos. Adivinhar que um indivíduo vai rebentar um petardo, acender um pote ou cuspir no árbitro? Ninguém tem uma bola de cristal para adivinhar. Agora o que fazemos depois disso já é diferente. Ninguém do Sector 1916 veio acusar outros grupos de nada, apesar de terem ‘dado abrigo’ à pessoa em questão e ainda lhe terem pago cervejas”, defendeu-se no Facebook o Sector 1916.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Criatividade de alunas da Escola de Hotelaria posta à prova

Realizou-se a 2ª edição do EstrELA Monumental, evento criado pelo Mosteiro do Leitão, restaurante na Batalha, com o apoio da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO). Neste estabelecimento de ensino, 17 alunas estiveram na manhã de 21 de maio a preparar os seus pratos de autor, de modo a convencer o júri a tornarem-se um dos quatro pratos vencedores. 

monumental

Cardeal na celebração dos Votos Perpétuos de religiosa caldense

No dia 1 de junho, pelas 17h00, na Igreja Paroquial das Caldas da Rainha, terá lugar a Celebração da Profissão Religiosa dos Votos Perpétuos da Irmã Ana Margarida Lucas, da Congregação das Irmãs Dominicanas de Santa Catarina de Sena, presidida pelo Cardeal D. Manuel Clemente, Patriarca Emérito de Lisboa. Haverá depois um jantar convívio no Centro Paroquial.

religiosa

Soldado Nobre no Cineclube CCC

Soldado Nobre, de Jorge Vaz Gomes é o filme da próxima sessão do Cineclube CCC, no dia 1 de junho, pelas 16 horas, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

soldado