Q

Previsão do tempo

14° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 16° C
14° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 17° C
14° C
  • Wednesday 14° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 17° C

Embarcações fiscalizadas na área das comunicações

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Peniche realizaram no passado dia 22 uma ação conjunta com a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e com a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), entre o porto de Peniche e o arquipélago das Berlengas.
Ação entre o porto de Peniche e o arquipélago das Berlengas

Os elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Peniche realizaram no passado dia 22 uma ação conjunta com a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) e com a Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), entre o porto de Peniche e o arquipélago das Berlengas.

Durante esta ação, os elementos da Polícia Marítima e da Anacom fiscalizaram cinco embarcações, tendo sido detetada a falta da licença de estação a bordo numa delas e sido apreendidos dois equipamentos de rádio VHF por não cumprirem a legislação em vigor.

Nesta ação estiveram empenhados dois elementos do Comando-local da Polícia Marítima de Peniche, apoiados por três viaturas e uma embarcação, dois inspetores da ASAE e dois inspetores da Anacom.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Suspeito de abusar da filha em liberdade

Um homem suspeito de abusar sexualmente da filha menor quando esta visitava a sua casa, nas Caldas da Rainha, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado em liberdade a aguardar o desenrolar do processo, impedido de contactar a adolescente, de 16 anos.

Três ex-funcionárias de creche julgadas por maus-tratos a crianças

Três ex-funcionárias de uma instituição das Caldas da Rainha com valências de creche e pré-escolar vão ser julgadas no Tribunal Judicial de Leiria por crimes de maus-tratos a crianças, que segundo o despacho de acusação, foram expostas a um "ambiente de terror psicológico", entre os anos de 2016 e 2020, até à altura em que o caso foi denunciado por uma educadora que estava na instituição em regime experimental e que se apercebeu de situações anómalas.

funcionarias

Advogado de homicida de jovem pede pena menos agravada

O advogado do jovem de 20 anos que confessou ter assassinado a tiro uma rapariga de 18 anos, junto à estação de comboios da Martingança, em Alcobaça, pediu ao coletivo de juízes do Tribunal Judicial de Leiria que pondere o crime de homicídio simples (8 a 16 anos de prisão) ao invés de homicídio qualificado (12 a 25 anos de prisão) pelo qual o arguido foi acusado.