Q

Previsão do tempo

14° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 18° C
  • Friday 21° C
14° C
  • Wednesday 17° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 21° C
15° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 23° C
Os melhores alunos que terminaram o 12º ano

Escola Secundária Josefa de Óbidos – Margarida Rebelo Almeida – 18 valores

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Margarida Rebelo Almeida, de 17 anos, do 12.º ano do curso de Ciências e Tecnologias, foi a melhor aluna da Escola Secundária Josefa de Óbidos. Terminou o ensino secundário com média interna de 19,1 valores. Nos exames nacionais, obteve 18,0 valores no de Matemática A e 19,1 no de Física e Química A. 
Margarida Rebelo Almeida

Os melhores alunos que terminaram o 12º ano

Margarida Rebelo Almeida, de 17 anos, do 12.º ano do curso de Ciências e Tecnologias, foi a melhor aluna da Escola Secundária Josefa de Óbidos. Terminou o ensino secundário com média interna de 19,1 valores. Nos exames nacionais, obteve 18,0 valores no de Matemática A e 19,1 no de Física e Química A. 

Entrou em engenharia civil, no Instituto Superior Técnico, a sua primeira opção, com média final de 18,83 valores. De momento, ainda não tem a certeza em que área da engenharia civil pretende ter “mais especialização, já que acabei de ingressar na licenciatura e não tenho conhecimento suficiente sobre cada uma das opções a escolher futuramente”.

Independentemente da escolha, gostava de “tentar ter a oportunidade de trabalhar no estrangeiro, durante um determinado período”. Um dos seus objetivos é “também conseguir conjugar uma carreira em engenharia civil com outra no mundo da moda, já que sou modelo fotográfica na agência Face Models”.

“Arranjar um método de estudo que seja eficaz e ter objetivos bem definidos”, foi o caminho para alcançar boas notas. Para além disso, “tentar perceber tudo o que é explicado nas aulas e esclarecer as dúvidas com os professores é uma grande ajuda para um estudo mais produtivo”. Considera que é importante “organizar o tempo para me conseguir divertir e para dedicar a outros interesses”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

População unida num “abraço” para a reabertura da Escola do Coto

O fecho da Escola Primária do Coto no final do ano letivo 2022/2023 “por falta de condições de segurança”, que na altura surpreendeu os pais e alunos, levou no dia 15 de maio dezenas de pessoas a protestarem junto ao estabelecimento de ensino para exigirem o arranque das obras de requalificação e a sua reabertura o mais breve possível.

Escola 1