Q

Previsão do tempo

11° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
11° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
12° C
  • Thursday 15° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C

Inaugurado novo campo de basquetebol 3×3

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O projeto 3×3 BasketArt continua a chegar a todos os pontos do país e Caldas da Rainha recebeu mais um campo focado na vertente mais urbana da modalidade, instalado no Parque Sol Nascente, na Travessa Pinto Miranda, na União das Freguesias de Caldas da Rainha, Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório.
Campo inaugurado no Parque Sol Nascente

O projeto 3×3 BasketArt continua a chegar a todos os pontos do país e Caldas da Rainha recebeu mais um campo focado na vertente mais urbana da modalidade, instalado no Parque Sol Nascente, na Travessa Pinto Miranda, na União das Freguesias de Caldas da Rainha, Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório.

Num evento que contou com a colaboração da Federação Portuguesa de Basquetebol, Câmara Municipal das Caldas da Rainha, União das Freguesias de Caldas da Rainha, Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório, Associação de Basquetebol de Leiria e “Os Pimpões”, a inauguração aconteceu na tarde do passado dia 27, onde após o momento protocolar foi realizada uma demonstração de basquetebol 3×3 com “Os Pimpões”.

O primeiro campo do género no país localiza-se precisamente nas Caldas da Rainha, em frente ao pavilhão gimnodesportivo Rainha D. Leonor, inaugurado em 2019.

O 3×3 Basketart é uma medida desenvolvida pela Federação Portuguesa de Basquetebol no quadro do seu Programa Nacional de Promoção da modalidade, que procura desafiar todos os municípios do país a constituir-se como parceiros na promoção de estilos de vida saudáveis dos seus habitantes através da prática informal do basquetebol 3×3, que começa a afirmar-se como uma categoria de excelência no quadro da federação internacional e já é modalidade olímpica.

Pretende-se construir, reconverter, remodelar ou adaptar os espaços físicos adequados à instalação de um campo de basquetebol no segmento 3×3 e integrar esse equipamento num cenário de arte urbana, ou seja, através de uma parede, muro ou edifício decorado por uma obra de arte, suscetível de aumentar a atratividade do projeto desportivo.

Presentes na inauguração estiveram Manuel Fernandes, presidente da Federação Portuguesa de Basquetebol, Vitor Marques, presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Pedro Brás, presidente da União de Freguesias de Nossa Senhora do Pópulo, Coto e São Gregório, José Branco, representante do Instituto Português do Desporto e Juventude regional, Pedro Brilhante, presidente da Associação de Basquetebol de Leiria, e Susana Chust, presidente de “Os Pimpões”.

A requalificação do espaço esteve ao cargo da arquiteta paisagista Filipa Oliveira, enquanto a produção artística e criação do conceito a utilizar foi realizada por Vasco Coelho, integrado na “Academia Desenhos do Bruno”, projeto fundado por Bruno Prates.

Aquando da idealização do desenho, Vasco Coelho explicou o processo que levou ao trabalho final: “A ilustração representa o piso do campo preenchido de água. A ideia da água veio das águas termais, como referência às Caldas da Rainha. Utilizei uma paleta de cores de tons azuis-claros e escuros para criar profundidade. Achei a ideia interessante pela ilusão provocada aos utilizadores do campo: como se jogassem dentro de água”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Arte em posto Multibanco

Motivos alusivos ao ecossistema natural e animal do Paul de Tornada e a imagem da igreja da localidade embelezam um posto Multibanco naquela povoação das Caldas da Rainha, numa ideia do executivo da junta de freguesia concretizada pelo artista Ricardo Silva, que estudou na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha.

tornada 1

Vereador do PS explica aprovação do orçamento da Câmara para 2023

O orçamento da Câmara Municipal das Caldas da Rainha para 2023 foi aprovado na passada segunda-feira e nem foi preciso ao Vamos Mudar socorrer-se do voto a favor do vereador do PS, com quem tem um entendimento de compromisso, já que o PSD absteve-se, votando apenas contra o orçamento para os serviços municipalizados. O socialista Luís Patacho explicou concordar com as cautelas e critérios no investimento, tendo em conta “o atual contexto macroeconómico, marcado pela incerteza sobre o fornecimento de bens e serviços, com uma grande pressão inflacionista, especialmente ao nível da energia e dos combustíveis, mas também das matérias-primas, e enorme volatilidade dos mercados”.

ps