Q

Previsão do tempo

15° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 24° C
  • Friday 27° C
15° C
  • Wednesday 18° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 28° C
16° C
  • Wednesday 19° C
  • Thursday 27° C
  • Friday 30° C

Feira de 15 de Agosto desiludiu vendedores e visitantes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A tradicional feira do 15 de Agosto nas Caldas da Rainha foi considerada este ano “muito fraquinha, desde feirantes a carrosséis”, sendo este comentário de um dos visitantes idêntico a muitos outros ouvidos, inclusive dos vendedores.
Muito espaço por preencher no recinto da feira

A tradicional feira do 15 de Agosto nas Caldas da Rainha foi considerada este ano “muito fraquinha, desde feirantes a carrosséis”, sendo este comentário de um dos visitantes idêntico a muitos outros ouvidos, inclusive dos vendedores.

Esta feira é um dos mais antigos e tradicionais eventos que tem lugar nas Caldas da Rainha, integrando o calendário anual de iniciativas da cidade, e por isso mesmo tem um considerável peso histórico.

Nos últimos anos têm-se ouvido críticas ao dinamismo do evento, apesar da anterior gestão camarária ter anunciado que vários aspetos haviam sido melhorados, nomeadamente no capítulo da segurança, receção e apoio aos vendedores, assim como beneficiação geral de todo o recinto, onde se incluem as infraestruturas de apoio (wc´s) e acessos (escadas e corrimãos), e em colaboração com a EDP foi melhorada a iluminação pública existente e colocados mais pontos de água de apoio aos vendedores. Já o piso do recinto da feira provoca bastante pó.

A atual Câmara definiu este ano que o evento, no recinto da feira semanal, tivesse quatro dias (de 12 a 15 de agosto), aproveitando o fim de semana prolongado, anunciando para além da venda ambulante, dos divertimentos e comes e bebes, animação itinerante e pista de karts.

O presidente da Câmara, Vitor Marques, sustentou que este foi “o ano zero” de uma aposta num evento mais alargado, o que implicou mais exigências aos feirantes, nomeadamente a presença desde o início ao fim, sem que pudessem montar as bancas a meio da feira, o que fez demover alguns deles, por participarem noutras feiras e por não terem a certeza do impacto desta medida. O autarca acredita, no entanto, que no próximo ano, com uma divulgação mais antecipada, será possível ter maior participação.

Vitor Marques alegou que era preciso mudar o rumo dos últimos anos, uma vez que a feira estava a decair e pretende-se inverter essa situação, porque a feira de 15 de Agosto “não é uma coisa do passado, é algo que queremos manter no calendário”.

O autarca apontou que a novidade da pista de karts “resultou e agradou”.

Contudo, os comentários mais ouvidos foram que “este ano a feira é mais fraca e não tem nada a ver com os outros anos”.

O horário era de 12 a 14 de agosto das 9h00 às 02h00 e no dia 15 das 9h00 às 24h00, mas quem lá esteve no primeiro dia constatou que ao pôr do sol não estava nada aberto nem as luzes estavam ligadas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Festival das Adiafas nos Vidais

Música, gastronomia, fogo de artifício, showcooking, demonstrações de alfaias e equipamentos agrícolas no terreno, palestras sobre agricultura, artesanato, aula de zumba, missa campal, bênção de colheitas, passeio de tratores e bênção dos mesmos, fizeram parte da primeira edição do Festival das Adiafas Vidais'2022, um novo evento nesta localidade do concelho das Caldas da Rainha.

vidais3

Aplicação de produtos fitofarmacêuticos

O Município do Bombarral informou que até ao dia 12 de outubro irão ser aplicados produtos fitofarmacêuticos nas áreas recentemente desmatadas junto à via férrea da Linha do Oeste. Esta ação é desenvolvida no âmbito do contrato entre o Consórcio Somafel/Floresta Bem Cuidada e a Infraestruturas de Portugal, designado por “Realização da atividade de controlo de vegetação (dos 2 aos 10 metros) e desmatação no edificado na Rede Ferroviária Nacional”.

Festival Eutopia animou resort de golfe

“Foi um fim de semana mágico, no Bom Sucesso Resort, em Óbidos, onde o campo de golfe se transformou em espaço de intervenção artística e onde as zonas comuns foram espaço de encontro para conversas, concertos, oficinas, performances, exposições e outras coisas que (ainda) não têm nome, de tão inovadoras”, declarou Celeste Afonso, diretora executiva da Bridges In Culture, empresa promotora do Festival Eutopia no golfe do Bom Sucesso Resort, nos dias 1 e 2 de outubro.

eutopias