Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 22° C
14° C
  • Friday 22° C
  • Saturday 27° C
  • Sunday 22° C
14° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 30° C
  • Sunday 24° C

Grupo de cicloturistas caldenses no antigo ramal do Dão

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os “Cicloturistas Caldenses” pedalaram na ecopista do antigo ramal do Dão, entre Santa Comba Dão, Tondela e Viseu, ao longo de 112 quilómetros, incluindo o passeio pelos arredores da cidade. Os “Cicloturistas Caldenses”, um grupo de amantes das duas rodas, de Caldas da Rainha, a maioria com origens nos famosos brevets Caldas-Badajoz, fez a sua […]
Os “Cicloturistas Caldenses” pedalaram ao longo de 112 quilómetros

Os “Cicloturistas Caldenses” pedalaram na ecopista do antigo ramal do Dão, entre Santa Comba Dão, Tondela e Viseu, ao longo de 112 quilómetros, incluindo o passeio pelos arredores da cidade.

Os “Cicloturistas Caldenses”, um grupo de amantes das duas rodas, de Caldas da Rainha, a maioria com origens nos famosos brevets Caldas-Badajoz, fez a sua aventura no passado domingo pela pista do antigo ramal do Dão, que termina em Viseu.
Uma das principais caraterísticas do cicloturismo é o prazer de pedalar, associado à companhia dos amigos e ao contato com a natureza, aproveitando para observar a beleza da paisagem e o património natural e construído. Pedalar é um esforço necessário, mas não de forma a prejudicar o praticante, uma vez que cada um decide o seu ritmo.
Este grupo tem como divisa que o cicloturismo, como atividade desportiva de lazer, não deve ser levado ao extremo, porque não se trata de uma competição, mas sim de gozar o prazer da entreajuda e amizade.
Problemas como furos ou falhas mecânicas aconteceram mas foram de imediato resolvidas e não beliscaram a aventura.
Foi feito um planeamento minucioso antes da partida, uma boa conversa com quem já percorreu este ramal do Dão para fazer uma viagem sem “surpresas” mas com emoção.
O prazer que esta viagem de bicicleta proporcionou valeu todos os esforços, desde levantar pelas quatro horas da madrugada, partir cerca das cinco e meia, chegar ao início da pista pelas nove horas e cortar da meta em Viseu ao meio-dia e meia.
A Linha do Dão foi das primeiras vias-férreas de bitola estreita (via métrica) de Portugal, tendo sido inaugurada a 25 de novembro de 1890.
Com início na estação de Vimieiro, Santa Comba Dão, onde intersectava a Linha da Beira Alta, a Linha do Dão passava por Tondela, atravessando as terras do Dão, até chegar à estação de Viseu, numa extensão total de 50 quilómetros.
Em agosto de 1972, o serviço de mercadorias foi suspenso, sendo a Linha do Dão totalmente encerrada em 25 de setembro de 1998. Entre 1997 e 1999 os carris foram levantados, bem como o balastro e as travessas, dando origem a uma das melhores e mais atraentes ciclovias de Portugal.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Exposição Álefe em Ferrel

Na galeria da Associação Cultural Rabeca, no Largo Dr. Manuel Pedrosa, em Ferrel, no concelho de Peniche, vai ser inaugurada a exposição Álefe, com pinturas e aguarelas de António Teodoro.

alefe

Freguesias levam cultura ao Folio

No âmbito do Folio - Festival Literário Internacional de Óbidos as sete freguesias do concelho de Óbidos fazem-se representar com iniciativas, como lançamento de livros, música, poesia, tertúlias, exposições, instalações, teatro, entre outras. Eventos inseridos no "Dia da Freguesia" - Folio Educa.

folio