Q

Previsão do tempo

19° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 26° C
19° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
19° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C

Anilhagem de aves assinala 13 anos da Reserva Natural Local do Paul de Tornada

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Uma manhã de anilhagem científica de aves, com visitantes de todas as idades, culminando com o bolo de aniversário, preencheram o passado sábado na Reserva Natural Local do Paul de Tornada, que assinalou treze anos.
Anilhagem científica de aves

Uma manhã de anilhagem científica de aves, com visitantes de todas as idades, culminando com o bolo de aniversário, preencheram o passado sábado na Reserva Natural Local do Paul de Tornada, que assinalou treze anos.

O Centro Ecológico Educativo do Paul de Tornada, projeto de educação ambiental, co-gerido pelo Grupo de Estudos de Ordenamento do Território e Ambiente (GEOTA) acolheu o evento de comemoração do décimo terceiro aniversário da Reserva Natural Local do Paul de Tornada. A atividade de anilhagem de aves, aberta a todo o público, realizou-se entre as seis e as onze da manhã de 2 de julho, seguindo-se o corte do bolo.

A anilhagem científica de aves é um método de investigação essencial para se conhecer melhor um conjunto de parâmetros populacionais, tais como a taxa de sobrevivência e o sucesso reprodutor das populações de aves, as suas rotas migratórias e áreas de repouso ou paragem. Neste procedimento, as aves são capturadas, através de redes verticais, são analisadas, sendo-lhe depois colocada uma anilha com uma combinação de caracteres únicos. Após o registo dos dados, as aves são libertadas.

Os observatórios da Reserva estiveram abertos ao público, para ser possível conhecer um pouco mais sobre o local.

Localizada em Tornada, nas Caldas da Rainha, a Reserva é gerida pela Câmara Municipal das Caldas da Rainha em cooperação com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), o GEOTA e a Associação de Defesa do Paul de Tornada – PATO.

A Reserva Natural Local do Paul de Tornada cobre uma área de aproximadamente 53 hectares, e proporciona refúgio a inúmeras espécies de animais. É um local de passagem, onde aves migratórias nidificam, sendo fonte de alimentação e habitat de permanência de várias espécies de aves, mamíferos, répteis, peixes e anfíbios, muitas delas raras, ou vulneráveis.

Vestígio de quando o mar entrava pelo vale das Caldas da Rainha e o rio Tornada era navegável, parte da Reserva está sempre alagada.

É para esse aquífero que conflui o sistema de valas – do Meio, do Guarda Mato e da Palhagueira – que marca a área.

Merece a classificação de “Zona Húmida” segundo a Convenção de Ramsar, acolhendo, entre outras aves, a garça-branca-pequena, a garça-vermelha ou imperial, o camão e o rouxinol-pequeno-dos-caniços. Algumas só ficam por uns dias para descansar e comer, como o pisco-de-peito-azul, a felosa-dos-juncos e o cartaxo-nortenho. Uma espécie prioritária invernante é a franga-d’água-grande.

Mas ainda podem surgir outros animais: lontras, cágados-de-carapaça-estriada, o texugo, o musaranho-de-dentes-vermelhos e o lagarto-de-água (Lacerta schreiberi).

“Tem sido muito gratificante trabalhar na formação e participação do cidadão em educação ambiental, em conjunto com os nossos parceiros, na Reserva Natural Local do Paul de Tornada. Este marco dá-nos a motivação necessária para continuarmos a dinamizar atividades e a promover a sensibilização ambiental”, afirma Teresa Lemos, coordenadora do GEOTA para o Centro Ecológico Educativo do Paul de Tornada.

Na véspera do décimo terceiro aniversário realizou-se, a reunião do Conselho Consultivo deste mesmo espaço e foram inaugurados dois placares informativos sobre charcos temporários e sobre morcegos e árvores ripícolas, com textos de Luísa Crisóstomo, Ivo Rosa e Pedro Alves, e ilustração científica de Luísa Crisóstomo.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste – Fábio Romano – 18 valores

Fábio Romano, de 33 anos, aluno da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, do curso de Gestão e Produção de Cozinha, foi o melhor aluno com uma classificação de 18 valores (correspondendo aos dois primeiros semestres. Encontra-se a aguardar a nota de estágio curricular, que irá ainda integrar esta média).

img 6552 2 fabio romano