Q

Previsão do tempo

15° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 26° C
  • Monday 28° C
15° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
  • Monday 28° C
15° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C
  • Monday 30° C

Aluna faz logotipo da associação de pais de Educação do Agrupamento D. João II

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Emília Louro de Sousa Lopes, de 9 anos e que frequenta o 3º ano da Escola Encosta do Sol, foi a vencedora do design do novo logotipo da Associação de Pais de Educação do Agrupamento de Escolas D. João II (APEAFJ).

Emília Louro de Sousa Lopes, de 9 anos e que frequenta o 3º ano da Escola Encosta do Sol, foi a vencedora do design do novo logotipo da Associação de Pais de Educação do Agrupamento de Escolas D. João II (APEAFJ).

A cerimónia de entrega dos prémios do concurso decorreu no passado dia 31, na escola D. João II. As cinco menções honrosas foram para os alunos do 8º ano da escola sede, Duarte Domingo, David Ribeiro e Toni Cher, e ainda as crianças de jardim de infância, Elisabeth Serghi e Leonor Vieira.

A APEAFJ, eleita em outubro do ano passado, lançou um concurso a todos os estudantes do agrupamento para criarem o novo logotipo desta associação, inspirados no tema “A Escola e a Família”.

O concurso foi lançado no final de fevereiro e participaram 141 alunos do pré-escolar ao 9º ano, com exemplos de logotipos “repletos de criatividade, simbolismo e cor”, disse, a presidente da associação de pais, Filipa Louro.

A vencedora explicou ao JORNAL DAS CALDAS o simbolismo do logotipo, que “explica que a escola também pode ser uma família” e o desenho de “várias pessoas de diversos países significa que deveríamos aceitar as diferenças e as pessoas como são”. O desenho da coroa foi “porque existe no logotipo do agrupamento”. 

Os melhores designs foram selecionados por um júri composto por Bruno Prates, na qualidade de representante da comunidade com formação em design gráfico, pelo professor na Escola do Avenal, Abílio Sabino (representante do 1º ciclo), pelos docentes de educação visual na escola sede, Rita Henriques e António Ramalho, e ainda Maria João Coelho, vogal da associação de pais. 

A sessão de entrega de prémios foi abrilhantada por um momento de dança do grupo dos Pimpões.

A presidente da APEAFJ disse que a associação estava com alguma inatividade já há alguns anos e consideraram que fazia sentido dar uma nova imagem, então convidaram os alunos a serem eles a criar o logotipo, porque “eles são o nosso foco”. 

“Os concursos são boas formas do exercício da cidadania e participação na vida da comunidade escolar”, relatou Filipa Louro.

A responsável referiu que a sede do agrupamento sempre foi uma boa escola, mas com pouca visibilidade na comunidade, destacando a direção do agrupamento, que trabalha “internamente para resolver os problemas e acompanhar os alunos”. 

Quando concorreram à APEAFJ, propuseram-se a desenvolver um trabalho de permanente colaboração com “a direção, professores e comunidade”, explicou Filipa Louro, acrescentando que aperceberam-se do “trabalho fantástico da escola” e pretendem “ajudar a direção a levar a parte da comunicação para o exterior”.

“O que queremos é ajudar e entrar em áreas que a escola não consegue, dinamizando outras atividades que podem contribuir para o enriquecimento dos alunos”, adiantou.

Filipa Louro referiu ainda que a direção e professores do agrupamento “veem-nos como parceiros e abriram-nos as portas com todo o carinho e apoio em todas as iniciativas”.   

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Despiste mortal na estrada entre a Foz e Caldas

Um homem de 63 anos morreu na sequência do despiste do carro que conduzia, ao final da manhã da passada quinta-feira na variante entre a Foz do Arelho e as Caldas da Rainha, na zona da freguesia do Nadadouro, após uma curva.

despiste 1

127 anos dos bombeiros festejados em cerimónia emotiva

A cerimónia do 127º aniversário da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha, realizada no passado domingo, foi bastante emotiva, pela passagem ao quadro de honra de dois bombeiros, pelas promoções, condecorações e louvores, pela transferência de testemunho do porta-estandarte, pela atribuição de patrono a duas viaturas, pelo elogio ao comandante de Pedrógão Grande, mas sobretudo por ter sido lembrada a morte de um bombeiro da corporação vizinha de Óbidos no maior incêndio ocorrido este ano nas Caldas da Rainha.

bombeiros1

Agrupamento Escolas São Martinho do Porto – António Salvador – 17,6 valores

António Salvador, do Agrupamento Escolas São Martinho do Porto, terminou o 12º ano com uma média de 17,6 valores. O jovem de 17 anos entrou na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, no curso de Direito. Apesar das aulas ainda não terem começado, está a “gostar bastante da receção”.

antonio escola sao martinho