Q

Previsão do tempo

18° C
  • Friday 19° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 26° C
18° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 27° C
19° C
  • Friday 21° C
  • Saturday 25° C
  • Sunday 29° C

Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos aposta na programação e robótica

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos já se encontra a preparar o próximo ano letivo, com uma “nova oferta de escola”, que vai incidir na robótica, na programação e no pensamento computacional. Além disso também vai continuar a apostar nos cursos profissionais, relacionados com a gestão e programação de sistemas informáticos, e técnico de multimédia, e ainda cozinha e pastelaria, restauração e bar, para uma melhor adequação ao mercado de trabalho.
O agrupamento vai apostar no próximo ano letivo na área da robótica

O Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos já se encontra a preparar o próximo ano letivo, com uma “nova oferta de escola”, que vai incidir na robótica, na programação e no pensamento computacional. Além disso também vai continuar a apostar nos cursos profissionais, relacionados com a gestão e programação de sistemas informáticos, e técnico de multimédia, e ainda cozinha e pastelaria, restauração e bar, para uma melhor adequação ao mercado de trabalho.

Com o objetivo de ser “uma escola para o futuro”, o agrupamento tem vindo a repensar no sistema de ensino, impondo assim “uma alteração nos processos de aprendizagem, que colocam o aluno no centro, sendo “eles próprios a construir esse processo, em que o professor é apenas um tutor para guiar esse desenvolvimento”, explicou José Santos, diretor do agrupamento, que há cerca de quatro anos, juntamente com a equipa da direção, tem vindo a mudar a visão em relação à escola, implementando novas dinâmicas, certificações de qualidade, uma autoavaliação efetiva e práticas de avaliação baseada na formação.
Nesse sentido, o Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos concorreu à Academia Digital da Vodafone para poder fornecer materiais e equipar salas de aulas ao nível da robótica. “Graças a este protocolo que vamos assinar com a Vodafone vamos conseguimos equipar as salas de aula com materiais, o que de outra forma não conseguiríamos”, sublinhou o diretor, adiantando que assim o projeto Academia deCode – Academia de Programação e Robótica, que existia em parceria com o município e o Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos, no Parque Tecnológico de Óbidos, vai deixar o âmbito das AEC – Atividades de Enriquecimento Curricular, e passar a uma disciplina de oferta escolar aos alunos.
Esta inserção da programação e robótica no dia a dia das crianças, segundo José Santos, será “a grande novidade do próximo ano letivo e que se enquadra na nova visão do ensino e nas dinâmicas que estamos a efetuar a nível da tecnologia digital”. Trata-se ainda de “aproveitar as aprendizagens dos nossos alunos e direcioná-las enquanto aprendizagens de futuro”.
Inicialmente será direcionado para os alunos do 1º e 2º ciclo, mas “o objetivo é mais tarde alargar ao 3º ciclo e ao secundário”.
Igualmente vai voltar a apostar numa nova oferta formativa para o próximo ano letivo, em que os cursos profissionais disponíveis estão relacionados com a gestão de equipamentos informáticos, técnico de multimédia, e ainda cozinha e pastelaria, restauração e bar, para uma melhor adequação ao mercado de trabalho.
Relativamente ao digital, a escola encontra-se a modernizar todo o parque tecnológico do agrupamento, a melhorar a rede interna de internet das escolas, a criar as salas de aula do futuro, sendo “autênticos laboratórios de aprendizagem, e ainda a “apostar fortemente nas bibliotecas, tornando-as em centros de recursos”.
Outros dos objetivos do diretor é conseguir requalificar alguns dos jardins de infância do agrupamento, que “neste momento estão cheios”, bem como o campo de jogos da escola sede.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Agrupamento Escolas São Martinho do Porto – António Salvador – 17,6 valores

António Salvador, do Agrupamento Escolas São Martinho do Porto, terminou o 12º ano com uma média de 17,6 valores. O jovem de 17 anos entrou na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, no curso de Direito. Apesar das aulas ainda não terem começado, está a “gostar bastante da receção”.

antonio escola sao martinho

Escola Secundária Josefa de Óbidos – Margarida Rebelo Almeida – 18 valores

Margarida Rebelo Almeida, de 17 anos, do 12.º ano do curso de Ciências e Tecnologias, foi a melhor aluna da Escola Secundária Josefa de Óbidos. Terminou o ensino secundário com média interna de 19,1 valores. Nos exames nacionais, obteve 18,0 valores no de Matemática A e 19,1 no de Física e Química A. 

margarida josefa dobidos

Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste – Fábio Romano – 18 valores

Fábio Romano, de 33 anos, aluno da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste, do curso de Gestão e Produção de Cozinha, foi o melhor aluno com uma classificação de 18 valores (correspondendo aos dois primeiros semestres. Encontra-se a aguardar a nota de estágio curricular, que irá ainda integrar esta média).

img 6552 2 fabio romano