Q

Previsão do tempo

18° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 18° C
  • Tuesday 21° C
18° C
  • Sunday 19° C
  • Monday 18° C
  • Tuesday 22° C
19° C
  • Sunday 20° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 24° C

População de Turquel fez petição para sino tocar

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A população de Turquel fez uma petição a expressar a vontade de que o sino da Igreja Paroquial volte a tocar todos os dias (incluindo fins de semana, feriados e festas) entre as 8 e as 22 horas, sustentando que as badaladas fazem parte da tradição e identidade cultural e local e como tal “deve ser devidamente protegido enquanto símbolo do povo”.

A população de Turquel fez uma petição a expressar a vontade de que o sino da Igreja Paroquial volte a tocar todos os dias (incluindo fins de semana, feriados e festas) entre as 8 e as 22 horas, sustentando que as badaladas fazem parte da tradição e identidade cultural e local e como tal “deve ser devidamente protegido enquanto símbolo do povo”.

No documento, designado “Direito à Tradição”, os habitantes pedem que sejam tomadas todas as medidas necessárias (sejam licenças, comunicados, pareceres ou outros) que permitam garantir a proteção do toque dos sinos da igreja de Turquel, no horário referido e que tenham força legal o suficiente para que não voltem a ser silenciados”.

O toque do sino tinha sido limitado após um morador junto à igreja se ter queixado, ao abrigo da Lei do Ruído, do número de vezes que era ouvido, alegando que incomodava o seu descanso à noite e ao fim de semana.

Antes da reclamação, o sino tocava um minuto antes e um minuto depois da hora, com o número de badaladas correspondente às horas. Por exemplo, por volta das cinco da manhã, tocava dez vezes. Para além disso, às meias horas havia um único toque.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Mulher reclama 600 mil euros por “casamento que deveria ter durado uma vida”

Inconformada com o divórcio, uma mulher interpôs em fevereiro deste ano uma ação contra o ex-marido no Juízo de Família e Menores das Caldas da Rainha, reclamando 600 mil euros de indemnização “referente a vinte anos de vida que perdeu de um casamento que deveria ter durado uma vida”, mas o pedido não foi avaliado porque o tribunal competente para o efeito não é a instância judicial a que recorreu a alegada lesada.

divorcio

Morcegos no Paul de Tornada   

No dia 1 de junho, entre as 20h30 e as 22h00, a Associação Pato vai falar de morcegos no Paul de Tornada, num evento direcionado a todas as idades, incluindo os mais pequenos e curiosos.

morcegos