Q

Previsão do tempo

17° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 22° C
17° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 22° C
17° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 24° C

“Floresta Mágica” levou crianças e familiares à Mata do Bombarral

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Uma programação com cerca de duas dezenas de atividades, para além de ateliês, animação de rua, momentos musicais e dança, preencheram os três dias abertos ao público em geral da "Floresta Mágica - 11ª Feira Infantil", na Mata Municipal do Bombarral.
Atividade com a GNR

Uma programação com cerca de duas dezenas de atividades, para além de ateliês, animação de rua, momentos musicais e dança, preencheram os três dias abertos ao público em geral da “Floresta Mágica – 11ª Feira Infantil”, na Mata Municipal do Bombarral.

Com entradas a três euros, o evento, organizado pelo Município do Bombarral, decorreu entre 3 e 5 de junho, tendo como principais destinatárias as crianças.

No primeiro dia, destaque para a iniciativa “À noite com os pirilampos”, num passeio ao lado de várias centenas de pirilampos, que foram “iluminando” o percurso como autênticos cicerones. Os petizes puderam também ouvir a história “João e o Pé de Feijão”, contada pelo Duende Plim, personagem protagonizada por Sérgio Paulo.

No segundo dia foi possível conhecer a Mata Municipal, espaço verde de excelência no centro da vila, através do percurso interpretativo “Na senda dos Gigantes”, dinamizado por Sofia Quaresma, bióloga do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas.

Teve lugar um encontro com a escritora Ana Rita Dias e a ilustradora Olga Neves, a atuação do Coro Infantil do Círculo de Cultura Musical Bombarralense (CCMB), a ação de “Sensibilização à Música”, pela professora Ruth Horta, do CCMB, o encontro com João Borges de Oliveira, autor do livro “Abraças-me?”, o teatro musical “Se eu fosse um animal”, pelo grupo Cativar – Teatro para a infância, o concerto para famílias “Eu Sou Capaz”, com Filipa Larangeira e Ana Cosme, da Newmanity School & Sociedade Filarmónica Carvalhense, e a atuação da Associação Óbidos Dance, com o professor Daniel Silva.

Depois houve mais uma “Noite dos Pirilampos” e a apresentação da peça de teatro “A Fada Oriana”, de Sofia de Mello Breyner Anderson, pelo Teatro Tapafuros.

O desfile de moda infantil com vestidos confecionados pelos formandos da turma da disciplina de “Costura Solidária”, do projeto municipal “Universitários 50+”, foi uma das atividades em destaque na manhã do último dia.

A outra iniciativa foi a presença da escritora Vanda Furtado Marques, autora do livro “D. Nuno, o Santo Cavaleiro”.

Da parte da tarde houve um encontro com a autora Ana Cadima, autora de “Atlântida”, o espetáculo musical “Cantigas da Carolina”, pelo grupo Cativar – Teatro para a infância, o workshop de dança “The self-love sessions”, com Filipa Larangeira e Ana Cosme, e a apresentação dos projetos dos ateliês “Juntos vamos criar o nosso Bombarral”, pela Newmanity School & Sociedade Filarmónica Carvalhense.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Patos desapareceram em A-dos-Francos

A Junta de Freguesia de A-dos-Francos colocou cinco patos no Rio Arnóia na passada segunda-feira, com o objetivo de ter “um local mais aprazível e bonito, que permita disfrutar da presença destes animais”, mas foi surpreendida no dia seguinte porque três desapareceram.

patos

Almoço encerrou mais um ano letivo dos “Universitários 50+”

Um almoço convívio finalizou, no dia 22 de junho, mais um ano letivo dos “Universitários 50+”, projeto dinamizado pelo Município do Bombarral que tem o intuito de proporcionar à população sénior a possibilidade de ocupar os seus tempos livres com diversas...

universitarios

Vídeo de alunos contra a corrupção distinguido a nível nacional

No âmbito da integração do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo, das Caldas da Rainha, na “Rede de Escolas Contra a Corrupção”, a Biblioteca Escolar de Santa Catarina, através do clube Comunicar.Com tomou a iniciativa de divulgar e desafiar alunos e docentes a participar, realizando ações neste âmbito, tendo um vídeo desenvolvido com alunos do 5.º ano sido distinguido a nível nacional como o melhor trabalho do 2.º ciclo.

corrupcao 1