Q

Previsão do tempo

16° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 19° C
  • Friday 22° C
16° C
  • Wednesday 20° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 22° C
17° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 24° C

Câmara pretende reativar o Conselho Municipal da Juventude

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Câmara Municipal das Caldas da Rainha, que pretende reativar e reestruturar o Conselho Municipal da Juventude (CMJ), promoveu no passado dia 20 o primeiro encontro de trabalho no auditório da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, com quase 70 jovens, que mostraram que “querem estar envolvidos” neste órgão, que irá refletir “verdadeiramente as aspirações da juventude”, disse a vereadora Conceição Henriques.
A primeira reunião de trabalho contou com a presença de 70 jovens

A Câmara Municipal das Caldas da Rainha, que pretende reativar e reestruturar o Conselho Municipal da Juventude (CMJ), promoveu no passado dia 20 o primeiro encontro de trabalho no auditório da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, com quase 70 jovens, que mostraram que “querem estar envolvidos” neste órgão, que irá refletir “verdadeiramente as aspirações da juventude”, disse a vereadora Conceição Henriques.

A sessão, que foi conduzida pela vereadora da Juventude, Conceição Henriques, contou com a presença de representantes de associações juvenis, juventudes partidárias, dirigentes associativos, autarcas, bem como adolescentes e jovens adultos, que pretendem compor este órgão consultivo que foi constituído em 2005, havendo assim necessidade de reavaliar e adequar o regulamento existente ao contexto atual.
“É muito importante reativar este órgão consultivo, que foi constituído por força da lei, e que tem muita utilidade na política da juventude”, sublinhou a autarca, adiantando que “o CMJ como está neste momento carece de uma formalização”.
Além de ser um ponto de partida para o desenvolvimento das políticas municipais direcionadas aos jovens, também vai comportar uma nova abordagem do município, que terá a duração de três anos e avaliada no final do processo. Nesse sentido, o órgão é dirigido aos jovens dos 15 aos 29 anos, que vivem, estudem ou trabalhem no concelho, e constitui-se como um instrumento fundamental para a definição e prossecução de medidas e ações direcionadas, que representem efetivamente as necessidades, aspirações e expetativas desta faixa etária.
“É importante reativar o CMJ e, sobretudo, ouvir o que os jovens pensam! Para tal precisamos dos vossos contributos”, sublinhou a vereadora, fazendo notar que a participação dos jovens é crucial para que este documento reflita uma “visão para a juventude” e que, simultaneamente, “capacite e dê ferramentas para agir”, no âmbito de um Plano Estratégico para a Juventude que o executivo pretende apresentar em outubro.
No âmbito do CMJ serão abrangidas diversas áreas de desenvolvimento, bem como criadas sessões de enriquecimento dos objetivos estratégicos com ações concretas, e um festival da juventude que contempla uma semana de atividades desportivas, colóquios, palestras, workshops, concertos, e ainda apresentação do Plano Municipal da Juventude.
Até à concretização do órgão, o objetivo é “contribuir, participar e envolver para que todos sejam parte ativa nas soluções”, frisou o presidente da Câmara, Vitor Marques, apelando aos jovens que “não tenham receio de exigir e de nos desafiar também”.
No final da sessão, os jovens presentes interviram sobre o que pretendem no âmbito da política para a juventude e respetivas ações, e ainda alertaram para a necessidade de estruturas que promovam, também, iniciativas individuais, e que atraiam e fixem jovens que já moraram ou estudaram nas Caldas. Por outro lado, abordaram as dificuldades, que enfrentam devido à especulação imobiliária e o sistema de ensino, que não responde às demandas atuais.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Arrancaram obras na linha férrea entre Caldas e Torres

A Infraestruturas de Portugal deu início nesta terça-feira à empreitada de modernização do troço da Linha do Oeste entre Torres Vedras e Caldas da Rainha, após a assinatura do auto de consignação ter tido lugar na estação ferroviária de Caldas da Rainha, com a presença do ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos.

ferrovia

Patos desapareceram em A-dos-Francos

A Junta de Freguesia de A-dos-Francos colocou cinco patos no Rio Arnóia na passada segunda-feira, com o objetivo de ter “um local mais aprazível e bonito, que permita disfrutar da presença destes animais”, mas foi surpreendida no dia seguinte porque três desapareceram.

patos

Agrupamento Josefa de Óbidos inaugura exposição

O Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos inaugurou na passada segunda-feira a exposição da atividade #Soujosefa, inspirada no Dia Escolar da Não Violência e da Paz, na Casa de Design de Interiores – Maria José Salavisa, em Óbidos.

josefa