Q

Previsão do tempo

16° C
  • Thursday 22° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
18° C
  • Thursday 23° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 27° C
17° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 30° C

Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro destaca-se em concurso de empreendedorismo

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Os alunos do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro foram os grandes vencedores da Final do Concurso de Empreendedorismo nas Escolas 2021/2022, que decorreu no passado sábado, na sede da Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim), onde foram atribuídos dois primeiros prémios ao nível do 2º ciclo e secundário.
Grupo de alunos que participou na Final do Concurso de Empreendedorismo nas Escolas

Os alunos do Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro foram os grandes vencedores da Final do Concurso de Empreendedorismo nas Escolas 2021/2022, que decorreu no passado sábado, na sede da Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim), onde foram atribuídos dois primeiros prémios ao nível do 2º ciclo e secundário.

Este concurso, que esteve “estagnado durante o tempo da pandemia da Covid-19”, possui “um cunho político muito importante, fazendo parte da visão estratégica da OesteCim, que tem como intuito fomentar a cultura do empreendedorismo, numa altura que é cada vez mais necessário este tipo de competências”, explicou o secretário executivo intermunicipal, Paulo Simões, no início da sessão. Também referiu que se trata de uma iniciativa, que “procura promover o empreendedorismo e desenvolver diversas competências, que são fundamentais para o sucesso pessoal e profissional dos alunos”.
Esta iniciativa da OesteCim foi realizada em parceria com a AIRO – Associação Empresarial da Região Oeste, no âmbito do ‘Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar – Aluno ao Centro’. Este concurso teve como destinatários os alunos do 1º, 2º e 3º ciclos, ensino secundário e profissional, inscritos em estabelecimentos da região Oeste, com um projeto ou ideia de negócio com foco na economia circular, assentes na promoção da redução, reutilização, recuperação e reciclagem de materiais e energia. “Todos os projetos tinham como base a transição digital e verde, bem como a economia circular, com o objetivo de tornar um território mais verde e amigo do ambiente, e sobretudo um território que tenha respeito pelo planeta”, explicou Paulo Simões.
Ao concurso de empreendedorismo concorreram 101 ideias de negócio, mas apenas 13 foram apresentados na sede da OesteCim. “Foi um orgulho ver os diferentes ciclos a movimentarem-se e a terem este entusiasmo, bem como determinação para chegarem a esta final apenas 13 projetos finalistas” sublinhou o responsável, que fez parte dos membros do júri que avaliou os projetos finalistas.
Ao 1º ciclo foram atribuídos três primeiros prémios: “Era uma vez uma bolota”, dos alunos Catarina Maurício, Denzel Simão, Iuid Pereira e Adam Danfá, do Agrupamento de Escolas do Carregado, e Lusível de Henrique Germano, Rafaela Costa e Pularude de Catarina Leal, alunos da Escola Básica de Santa Catarina, que pertence ao Agrupamento de Escolas Rafael Bordalo Pinheiro.
No 2º ciclo, o projeto vencedor foi o “Trash”, de Diana Isabel da Silva Alves, da Escola Básica de Santa Catarina, que consiste na criação de barcos robôs que têm um sensor para detetar e recolher os lixos aquáticos. Também foi atribuído o segundo lugar ao projeto Recipesca, de Santiago Marques e Tomás Querido, e o terceiro lugar ao Ice, de Santiago Tomás dos Santos e Simão Francisco, todos alunos da Escola Básica de Santa Catarina.
No 3º ciclo, o primeiro lugar foi entregue ao Bio Gummies, dos alunos Debora Andrade, Diogo Santos, Cristiano Alves e Gustavo Timóteo, da Escola Básica e Integrada do Carregado, e que consiste na criação de gomas saudáveis. Já o segundo lugar foi para o projeto Cartão Azul – Praia Azul, dos alunos Ana Branco, Telmo Maranhão, Diana Delgado, Margarida Marques, Ana Filipa Rachão e Gisela Rosa, da Escola Básica de Peniche, e o terceiro lugar para Amigos Eco, dos alunos Sara Rocha, Mariana Mira e Ciprian Anghelut, da Escola Básica e Integrada do Carregado.
Quanto ao Ensino Secundário, venceu o projeto Waterflush, de Maria Eduarda Marques, da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, que tem como objetivo comercializar serviços técnicos que permitam desenvolver e implantar circuitos de saneamento doméstico para aproveitar integralmente as águas provenientes dos duches, banhos e lavatórios para abastecimento dos sistemas de autoclismo existentes nas instalações sanitárias.
Também foram atribuídos prémios aos projetos Focus, dos alunos Lucas Coelho, Mauro Carreira e Júlio Lopes, da Escola de Hotelaria e de Turismo do Oeste, e ao ÓleoCenfim, dos alunos Alex Faria, Bernardo Santos, Lucas Pinto e Pedro Machado, do Cenfim.
No âmbito do concurso também foi distinguido Caldas da Rainha como o ‘Município Mais Empreendedor’.
Sábado também marcou a final de uma semana dedicada ao empreendedorismo, onde cerca de 600 alunos de escolas da região Oeste tiveram a oportunidade de visitar empresas, participar em workshops e ter contacto com os ecossistemas de empreendedorismo e inovação.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1

Vigília com “abraço” ao hospital das Caldas da Rainha

Uma vigília que terminou com um cordão humano em frente à urgência do hospital das Caldas da Rainha foi a forma encontrada pela população para exigir medidas do Governo para melhorar as condições em que trabalham os profissionais de saúde. O alerta foi feito na noite da passada sexta-feira.

vigilia2

VMER volta a ter mais saídas para situações de trauma

A Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) das Caldas da Rainha no serviço de urgência do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) voltou à situação “normal” de seis a sete saídas por turno de oito horas, número que havia reduzido nos dois últimos anos de pandemia. No dia 15 de maio foi celebrado o 20º aniversário da VMER.

vmer 1