Q

Previsão do tempo

15° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 23° C
15° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 23° C
  • Thursday 24° C
16° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 25° C
  • Thursday 25° C

Encontros da comunidade estrangeira

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“Café da manhã” é o nome da iniciativa promovida todos os meses pela equipa de voluntários da Associação Silver Coast Volunteers, no restaurante e alojamento Infusion Eat & Drink & Sleepno, situado no Pinhal, no concelho de Óbidos, onde a comunidade internacional procura integrar os residentes estrangeiros recém-chegados à região.
Estas iniciativas decorrem todos os meses no Pinhal

“Café da manhã” é o nome da iniciativa promovida todos os meses pela equipa de voluntários da Associação Silver Coast Volunteers, no restaurante e alojamento Infusion Eat & Drink & Sleepno, situado no Pinhal, no concelho de Óbidos, onde a comunidade internacional procura integrar os residentes estrangeiros recém-chegados à região.

Sediada há quatro anos em Óbidos, esta associação junta os estrangeiros a viver no território de Óbidos, mas também é um espaço onde os estrangeiros podem ajudar outros que queiram vir viver para a região, a adaptar-se e a perceber o modo de vida português, nas suas diversas componentes. Além de integrar os residentes estrangeiros, a associação também ajuda a comunidade local, através do trabalho voluntário.
Segundo o presidente da Silver Coast Volunteers, Paulo Coimbra, “o nosso principal objetivo é integrar os residentes estrangeiros através do trabalho voluntário”. Nesse sentido, os voluntários ajudam, neste momento, diversas organizações locais sem fins lucrativos a atingir as suas metas, fornecendo mão de obra voluntária, ou fazendo doações, e ainda promove os “cafés da manhã”, que são “uma espécie de encontros culturais entre os estrangeiros que vivem na região”.
O último encontro, que é organizado por Paulo Coimbra juntamente com a voluntária Jacqueline Branco, decorreu no passado dia 6, contou com dezenas de estrangeiros. “Uns recém-chegados, outros já voluntários da associação, que aproveitam este tipo de encontros para criarem novas ligações, enquanto bebem um café e comem um bolo”, frisou Jacqueline Branco, adiantando que “a maioria dos estrangeiros, que chega à nossa região não conhece ninguém, e estes encontros acabam por ser uma ótima oportunidade para integrá-los na comunidade local”.
A associação conta com 458 membros, que ajudam a desenvolver diversas iniciativas, como a recolha de alimentos e tratamento de livros doados.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados