Q

Previsão do tempo

18° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
18° C
  • Friday 29° C
  • Saturday 26° C
  • Sunday 23° C
19° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 25° C

Encontro de apaixonadas por motas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O grupo das Caldas da Rainha das Petrolettes, uma comunidade internacional para mulheres apaixonadas por motas, vai voltar à estrada no dia 4 de junho, para o Rällly (com três ‘l’, como é imagem de marca), um evento global anual, onde grupos locais de mulheres se juntam para rolar simultaneamente no mesmo dia.

O grupo das Caldas da Rainha das Petrolettes, uma comunidade internacional para mulheres apaixonadas por motas, vai voltar à estrada no dia 4 de junho, para o Rällly (com três ‘l’, como é imagem de marca), um evento global anual, onde grupos locais de mulheres se juntam para rolar simultaneamente no mesmo dia.

O evento teve a sua génese num festival organizado por um grupo alemão de motociclismo feminino. Em tempo de pandemia, não tendo sido possível realizar o festival, foi lançado no ano passado o repto de por todo o mundo haver um passeio feminino de mota, com a distância máxima de 300 quilómetros, e assim se espalhou por diversos países, ligando mulheres que compartilham uma paixão por motas e aventuras. 

“O nosso objetivo é conectar motards do sexo feminino e ajudá-las a realizar todo o seu potencial. Queremos abrir horizontes numa área dominada por homens, criar comunidades que reflitam a nossa paixão por motas e despertar o espírito feminino no mundo motard. Ao fornecer um espaço único e seguro para as mulheres descobrirem e desenvolverem sua paixão por motas, podemos fazer uma enorme diferença para as mulheres que conduzem ou pretendem conduzir”, explica Ana Pedro, petroleader de Caldas da Rainha.

Neste evento de motociclismo feminino mundial o grupo partirá das Caldas da Rainha e efetuará o percurso pelas Serras de Aire e Candeeiros, com chegada a São Martinho do Porto. Existem já cerca de 30 mulheres inscritas, decorrendo as inscrições pelo Facebook e Instagram: @Petrolettescaldasdarainha. Mais informações pelo telemóvel 919657964.

No ano passado a iniciativa reuniu 21 motociclistas, algumas das quais com penduras, e foram percorridos 225 quilómetros, ao longo de quatro horas e meia, passando por Caldas da Rainha, São Martinho do Porto, Nazaré, Alcobaça, Rio Maior, Serra do Montejunto, Cadaval, Bombarral, Lourinhã e Peniche.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Suspeito de esfaqueamento detido pela Judiciária

Um homem de 24 anos que tentou matar outro com uma faca, no ano passado em Rio Maior, foi detido no dia 24 de maio pelo Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária em Ferrel, no concelho de Peniche.

pj

João Almeida com Covid-19 desiste do Giro d’Italia

A 18ª etapa do Giro d’Italia, nesta quinta-feira, fica marcada pela ausência do ciclista caldense João Almeida, que acusou positivo à Covid-19, sendo assim forçado a abandonar a prova, quando ocupava o quarto lugar, a 1 minuto e 54 segundos do líder e a 49 segundos do pódio.

almeida 3

Aluna caldense “Embaixadora UC à Frente” 

A caldense Beatriz Lopes, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Universidade de Coimbra, recebeu o prémio “UC à Frente”, atribuído pela Reitoria da Universidade de Coimbra (UC).

premio 1