Q

Previsão do tempo

14° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 21° C
14° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 20° C
14° C
  • Sunday 24° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 22° C

A casa dos portugueses: o que procuram, como pagam e como vivem

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Um estudo sobre o processo de compra de casa em Portugal nos últimos três anos, procurando saber o que pensam e o que motiva os portugueses em termos de procura de casa, procura de financiamento e vivência da casa, revela que quase metade dos inquiridos (47%) recorreu a agências imobiliárias para encontrar casa, seguindo-se as pesquisas na internet (42,4%) como fonte de apoio na procura.
Estudo revela preferências e escolhas

Um estudo sobre o processo de compra de casa em Portugal nos últimos três anos, procurando saber o que pensam e o que motiva os portugueses em termos de procura de casa, procura de financiamento e vivência da casa, revela que quase metade dos inquiridos (47%) recorreu a agências imobiliárias para encontrar casa, seguindo-se as pesquisas na internet (42,4%) como fonte de apoio na procura.

Quem comprou casa nos últimos três anos? O que levou à mudança de casa? Que fatores foram mais importantes no momento de escolher uma localização e uma casa? As casas foram compradas com recurso a financiamento? Que fator foi mais importante na escolha das propostas de crédito habitação? Ou como foi a experiência da mudança de casa? Estas foram algumas das questões que a UCI, instituição financeira que resulta de uma joint-venture participada em 50% pelo grupo BNP Paribas e Banco Santander, quis ver respondidas através do estudo Casa_PT, realizado em parceria com o Centro de Estudos Aplicados da Universidade Católica Portuguesa.

Foram obtidos 2.964 inquéritos válidos, sendo 54,71% dos inquiridos mulheres.

O aumento do agregado familiar é o fator mais importante na hora de procurar nova casa, para 21,6% dos inquiridos que compraram casa há menos de três anos. As outras razões mais apontadas são a preferência por outro bairro ou localidade (18,7); mudança do estilo de vida (13,1%); fatores económicos (11,7%) e o casamento (10%).

Uma vez tomada a decisão de mudar de casa, 42% dos inquiridos que compraram casa há menos de três anos encontraram uma nova casa em menos de seis meses, e apenas 23,9% demoraram mais de um ano.

Na procura, os inquiridos privilegiaram a existência de espaços verdes (51,8%) na escolha da localização da casa, seguindo-se proximidade de comércio (31,9%) e proximidade de serviços (30,1%).

Parte significativa dos inquiridos que compraram casa nos últimos três anos escolheu a casa devido à localização (50,1%), preço (42,2%) e área (40,7%), e só 12,8% referem a eficiência energética.

Maioria pede financiamento bancário

77,5% dos inquiridos que compraram casa nos últimos três anos recorreram a financiamento bancário para comprar a casa, sendo que 85,2% consultaram o seu banco habitual. Na altura de pagar a entrada, 69,2% recorreram às suas poupanças.

63,4% destes inquiridos demoraram menos de dois meses a completar o processo de financiamento.

52,9% contrataram outros produtos bancários para melhorarem as condições de crédito habitação.

42,6% apontaram o spread como um dos indicadores decisivos na escolha da proposta de crédito habitação, apesar de ser apenas um dos custos do crédito habitação.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Detido para cumprir pena de prisão

Um homem de 33 anos foi conduzido ao Estabelecimento Prisional das Caldas da Rainha para cumprimento da pena de prisão efetiva de 14 meses a que havia sido condenado por furto, por condução sob o efeito do álcool e violação de imposições, proibições ou interdições.

gnr 1

GNR detém suspeitos de roubos violentos

O Núcleo de Investigação Criminal da GNR de Leiria deteve quatro homens, com idades entre 16 e 41 anos, suspeitos de roubos violentos em vários concelhos da zona Centro, um dos quais nas Caldas da Rainha.

gnr5