Q

Previsão do tempo

22° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 22° C
22° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 23° C
23° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 25° C

Pedro Seixas e Isabel Alves Pinto unidos para eleições no PS

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Pedro Seixas e Isabel Alves Pinto apresentaram um manifesto de candidatura conjunta para as eleições deste ano da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista das Caldas da Rainha, evitando desta forma concorrerem um contra o outro, cenário que se colocava após ambos, em novembro do ano passado, terem anunciado que eram candidatos à liderança.
Pedro Seixas e Isabel Alves Pinto apresentam candidatura conjunta

Pedro Seixas e Isabel Alves Pinto apresentaram um manifesto de candidatura conjunta para as eleições deste ano da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista das Caldas da Rainha, evitando desta forma concorrerem um contra o outro, cenário que se colocava após ambos, em novembro do ano passado, terem anunciado que eram candidatos à liderança.

Após as eleições autárquicas de 2021, em que o PS perdeu um vereador e três deputados, desencadeou-se um processo de sucessão à liderança da Comissão Política Concelhia, surgindo o anúncio de duas candidaturas. Isabel Alves Pinto chegou a enviar aos militantes um memorando que mostrava a sua visão sobre o percurso do PS/Caldas, sendo crítica perante o resultado eleitoral autárquico, que levou o Vamos Mudar à presidência da Câmara, ao considerar ter sido “a maior derrota de sempre do Partido Socialista caldense”.

Foi essa a razão que a levou, após “reunião alargada de militantes”, a anunciar a sua candidatura, cujo lema seria “Avancemos Juntos”.

Segundo Isabel Alves Pinto, “o mau resultado eleitoral é fruto do trabalho que foi desenvolvido até aqui”, responsabilizando a Comissão Política Concelhia, encabeçada por Sara Velez.

Na mesma altura Pedro Seixas, eleito deputado municipal, também anunciou a sua “candidatura unificadora, que sai da reunião de vontades de um conjunto bastante alargado de militantes”, num projeto que tinha como mote “A militância que nos une!”.

“Pretendo ser apenas o primeiro candidato de um movimento, que se quer agregador e construtivo, e que tem como objetivo recuperar e relançar o PS de Caldas da Rainha para os próximos anos”, manifestou.

Reconhecendo que o PS/Caldas nas últimas eleições autárquicas “não obteve o resultado desejado, perdendo em votos e mandatos”, apontou que “continuamos com representatividade no executivo camarário, na Assembleia Municipal e em Juntas de Freguesia que concorremos”, pelo que “depois de refletir que PS devemos (re)construir, decidi ser candidato a presidente da concelhia”.

Agora Pedro Seixas e Isabel Alves Pinto fazem uma comunicação conjunta, revelando que “muitos camaradas refletiram e expressaram a sua intenção num diálogo de convergência para a estabilidade da nossa estrutura concelhia”.

Não procurando “unanimismos”, mas sim “a unidade necessária para termos força e chegarmos ao eleitorado”, os dois assumem que “só conseguimos ser mais fortes se dialogarmos entre todos e se as nossas diferenças não forem o obstáculo mas, pelo contrário, o caminho para melhores decisões e soluções”.

É neste espírito que apresentam uma candidatura comum, ultrapassando as divergências, num projeto com o mote “Pelo PS, pelo Concelho, juntamos Forças”.

Segundo anunciaram, Pedro Seixas será o candidato à presidência da concelhia.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Estudantes visitam Paul de Tornada

A Associação PATO recebeu duas turmas da Escola Secundária Raul Proença, que realizaram um conjunto de atividades de voluntariado, explorando a Reserva Natural do Paul de Tornada numa visita guiada, contribuíram para o nascimento de um jardim sensorial e efetuaram ainda uma monitorização ambiental na Lagoa de Óbidos com o Projeto Coastwatch, recolhendo muito lixo marinho.

pato

Trio detido por tráfico de droga

O Núcleo de Investigação Criminal de Caldas da Rainha da GNR deteve três homens, com idades entre 25 e 35 anos, por tráfico de estupefacientes, nos concelhos do Bombarral e Caldas da Rainha.

trafico